Música e literatura em Mário de Andrade é tema de curso

Inscrições para o curso, que se iniciará em 9 de maio, devem ser feitas on-line até 27 de abril

Por - Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=161500
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
O Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP: local do curso guarda os arquivos de Mário de Andrade – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

.
Embora seja mais conhecido pelo mundo literário, o polígrafo Mário de Andrade também foi músico. Sobre esse hibridismo entre música e literatura é que Flávia Camargo Toni e Caion
Meneguello Natal vão ministrar o curso Pesquisa e Criação na Música e na Poesia em Torno da Obra de Mário de Andrade: As danças dramáticas, no Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP. Com início em maio, as inscrições estão abertas até esta sexta-feira, dia 27 de abril.

A musicóloga Flávia Toni ocupa a cadeira de número 40 da Academia Brasileira de Música, cujo patrono é o próprio Mário de Andrade. Além de ser mestre e doutora em Artes, livre-docente e pesquisadora, ela é professora titular do IEB, onde Caion Natal faz seu pós-doutorado.

“Esse é um curso que quer justamente estudar os dois aspectos da criação de Mário de Andrade: de que maneira ele pesquisa sobre música e de que maneira essa pesquisa sobre música alimenta a criação dele de poesia e de contos”, diz Flávia.

Mário de Andrade era também um pesquisador. Ele viajou pelas regiões Norte e Nordeste do País e colheu muito material folclórico a respeito das danças em ritmos das músicas folclóricas populares, denominadas “danças dramáticas”. Livros como Macunaíma e muitas poesias que fez estão relacionados à música.

Tendo em vista a extensa carreira do artista, o recorte realizado no curso é na década de 1920, com o objetivo de entender como ele conseguiu relacionar sua pesquisa sobre o folclore brasileiro e a poética moderna.

Foto: Divulgação / IEB

.
No curso, Flávia Toni vai ministrar de uma forma mais técnica
a pesquisa de Mário de Andrade na área do folclore musical. Já Caion Natal abrangerá a área literária, mais especificamente alguns dos poemas que estão nas obras Pauliceia Desvairada (1922), Clã do Jabuti (1927) e Remate de Males (1930).

“Essas obras contêm poemas que ecoam e fazem ressonância aos estudos folclóricos de Mário de Andrade. Então, vou mostrar como esses poemas têm uma estrutura que busca reproduzir as estruturas que Mário viu na música folclórica, essa relação de poesia e música. Depois eu vou analisar o livro Macunaíma, que é todo estruturado a partir de um conceito de música popular”, revela Caion Natal.

O curso Pesquisa e Criação na Música e na Poesia em Torno da Obra de Mário de Andrade: As danças dramáticas se inicia dia 9 de maio e acontecerá todas as quartas-feiras do mês, sempre das 14 às 17 horas. As inscrições são feitas on-line, com taxa de R$ 50,00. Será ministrado no Auditório 1 do IEB – Espaço Brasiliana, que fica localizado na Avenida Professor Luciano Gualberto, 78, Cidade Universitária, em São Paulo (SP). Mais informações pelo e-mail cursoieb@usp.br, pelo telefone (11) 3091-3199 ou clicando aqui.

.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados