Museu Republicano de Itu amplia acessibilidade para visitante

Desde maio de 2018 com visitas acessíveis para grupos agendados, museu oferece agora recurso em tempo integral

Por - Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=218725
  • 760
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação/ Museu Republicano de Itu

.

Típico programa das férias escolares, a visita ao museu se transformou. A experiência exclusivamente visual de contemplar obras, arquitetura e legendas se tornou obsoleta. Há alguns anos, equipamentos culturais vêm apostando em vivências interativas ou que sensibilizem os outros sentidos do público. Tornar acessíveis para as pessoas com deficiência os diversos espaços e formas de aprendizado é a tônica desse movimento. O Museu Republicano de Itu, ligado ao Museu Paulista (MP) da USP, integra o rol de instituições que conta com recursos multissensoriais para pessoas com deficiência visual.

Disponíveis desde maio de 2018 para grupos de visitantes agendados, os recursos de acessibilidade estão agora disponíveis em tempo integral para o público. Quem quiser conhecer o Museu Republicano pode fazer uma visita guiada com audiodescrição em português ou inglês, que narra o caminho do visitante, e interagir com réplicas táteis, como objetos tocáveis e versões em alto-relevo das obras expostas e da própria arquitetura do museu.

A Pró-Reitoria de Cultura e Extensão (PRCEU) da USP, com apoio da Fundação USP e do Banco Santander, foi responsável por fomentar, entre 2015 e 2018, a implementação dos recursos multissensoriais. O programa envolveu diversas áreas do museu, como informática, comunicação visual, conservação e o serviço educativo, sob coordenação de sua supervisora, a professora Maria Aparecida de Menezes Borrego. A Fundação Dorina Nowill e a Escola de Cegos Santa Luzia de Itu colaboraram com consultoria.
.

Saguão do Museu: inaugurado em 19 de abril de 1923 – Foto: Hélio Nobre

.

O acervo do Museu Republicano reúne fotos, documentos, objetos e obras de arte – Foto: José Rosael


.
O sobrado que abriga o Museu Republicano, sede da Convenção de Itu de 1873, é uma relíquia da história brasileira. Por isso, os recursos multissensoriais começam já em sua fachada, com réplicas em alto-relevo da entrada, para que o público com deficiência visual possa senti-la. Os azulejos portugueses que decoram o espaço também ganharam réplicas em relevo: a partir da textura, o cérebro pode montar uma imagem.

O espaço do museu celebra e guarda a memória do início do movimento republicano no Brasil e o começo da república. Inaugurado em 1923, seu acervo reúne retratos, objetos pessoais, mobiliário e documentos textuais da segunda metade do século 19 e da primeira metade do século 20.

Fachada do Museu Republicano de Itu – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O patrimônio cultural do espaço vai além do que está evidente. O museu, junto com seu centro de estudos, faz publicações e oferece cursos, oficinas e reuniões cientificas para diferentes públicos. Com a consolidação dos recursos multissensoriais, além de estudantes, acadêmicos, educadores e  visitantes em geral, o museu deseja se tornar mais convidativo para o público com deficiência.

O Museu Republicano de Itu é aberto ao público de terça à domingo, das 10h até às 17h. O espaço fica localizado na Rua Barão de Itaim 67, Centro Histórico de Itu, distante cerca de 100 km da capital. Para mais informações acesse https://www.facebook.com/museurepublicano/

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 760
  •  
  •  
  •  
  •