Montaigne investiga a condição humana através de si mesmo

Influência da Antiguidade grega e latina na obra do pensador francês é tema do novo vídeo da série “Estudos Clássicos em Dia”

 20/10/2021 - Publicado há 1 mês

Assista no link abaixo ao vídeo Recepção dos Clássicos da Antiguidade nos Ensaios de Montaigne, da série Estudos Clássicos em Dia, produzida pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP.

Inspirado por grandes pensadores da Antiguidade grega e latina – como Sócrates, Platão, Aristóteles, Cícero e Sêneca -, o filósofo francês Michel de Montaigne (1533-1592) foi um dos principais responsáveis pelo surgimento da subjetividade na literatura filosófica e literária, que demarca o tipo de escrito que dá origem à Modernidade – o ensaio. Montaigne se situa no início do pensamento moderno, mas com fortes influências da Antiguidade.

Esse foi um dos comentários feitos pela professora Danielle Antunes, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, no mais recente vídeo da série Estudos Clássicos em Dia, produzida pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, publicado no dia 15 passado.

No vídeo – intitulado Recepção dos Clássicos da Antiguidade nos Ensaios de Montaigne -, Danielle destaca que a grande obra de Montaigne, os Ensaios, pode ser considerada “assistemática, aporética e de cunho autobiográfico, performático, experimental, fragmentário”. Composta de 107 capítulos, escrita na primeira pessoa, ela faz desabrochar a experiência pessoal do filósofo – a “pintura do eu”, como ele escreve. “É a mim mesmo que pinto.” Segundo Danielle, Montaigne investiga a condição humana através de si e vice-versa. “Como ele mesmo diz, cada ser humano porta em si a forma inteira da condição humana.”

Formada em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Danielle Antunes é doutora em Filosofia pela mesma instituição. No doutorado, que incluiu um período “sanduíche” na Université Jean Moulin Lyon 3, na França, elaborou a tese “Par Manière d’Essai” – Montaigne e a Filosofia do Ensaio, defendida em 2018. O filósofo francês foi tema também da sua dissertação de mestrado, apresentada em 2012 na UFSC, sob o título “Da Educação das Crianças” em Montaigne – Uma Ideia de Formação Humana.

Assista no link acima ao vídeo Recepção dos Clássicos da Antiguidade nos Ensaios de Montaigne, da série Estudos Clássicos em Dia, produzida pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP.

 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.