Minicurso nesta semana aborda a ideia de representação

Promovido pela Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica da USP, evento ocorre nesta terça-feira, dia 7, às 19 horas, pela internet

 Publicado: 06/06/2022
O filósofo alemão Arthur Schopenhauer, autor de O Mundo como Vontade e como Representação – Foto: Wikimedia

Vivemos em um mundo de coisas que se multiplicam e se amontoam, mas não existem objetos sem sujeitos. O mundo consiste em representações dos sujeitos, na objetificação e significação de nossas vontades. Ser é ser percebido. Tudo o que existe é resultado das representações de nossas percepções.

Essas ideias – extraídas do pensamento do filósofo alemão Arthur Schopenhauer (1788-1860) – serão abordadas no minicurso Significados e Limites da Ideia de Representação, que a Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica da USP vai realizar nesta terça-feira, dia 7, às 19 horas, no canal da cátedra no Youtube. Gratuito, o minicurso será ministrado pelo professor Nilson José Machado, docente da Faculdade de Educação da USP e membro do Comitê Executivo da Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica da USP. Além das reflexões de Schopenhauer, Machado vai explorar obras de pensadores como Charles Peirce, Ernst Cassirer e Raymond Duval, entre outros.

O professor Nilson José Machado – Foto: Divulgação

“Representamos continuamente, e a vida humana alimenta-se das representações que produzimos, resultantes de nossa vontade de viver”, destaca Machado no texto de apoio do minicurso (disponível aqui). Ele cita como exemplo as linguagens, que, como sistemas de signos, são ferramentas ou metaferramentas para a representação, condição de possibilidade da ação comum, da comunicação. “Há cerca de 200 anos, Schopenhauer nos chamou a atenção para tudo isso, em um livro seminal, escrito quando o filósofo tinha apenas 30 anos: O Mundo como Vontade e como Representação“, acrescenta o professor. “A língua nossa de cada dia é o mais fundamental de nossos sistemas de representação da realidade, caracterizando-se como um instrumento de humanização por excelência. Schopenhauer apresenta o ser humano como um ser da linguagem, que se alimenta continuamente das representações que prefigura e elabora.”

Fórum Digital sobre aprendizagem baseada em problemas e projetos

Na quarta-feira, dia 8, às 19 horas, o Fórum Digital – outro evento regular promovido pela Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica da USP – vai receber professores e alunos para conversar sobre Aprendizagem Baseada em Problemas e Projetos. O evento também será transmitido pelo canal da cátedra no Youtube.

Segundo a equipe organizadora, o debate vai reunir educadores e estudantes que buscam soluções para problemas reais por meio do desenvolvimento de projetos. De diferentes localidades do Brasil, os convidados costumam participar de feiras científicas, como a Febrace (Feira Brasileira de Ciências e Engenharia). “O fórum trará exemplos que demonstram a aprendizagem dos estudantes durante o desenvolvimento de projetos interdisciplinares, construídos com os recursos disponíveis, que possibilitam o aprender de forma criativa, entusiástica, colaborativa, estruturada e com grande envolvimento social”, de acordo com a equipe organizadora.

Mais informações estão disponíveis no site da Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica da USP.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.