Ivan Vilela conta a trajetória da viola no Brasil

Rádio USP transmite o segundo episódio de “USP Especiais” sobre o violeiro e professor da USP

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No Brasil, a viola ficou restrita ao universo caipira até os anos 90. Ao longo de décadas, compositores ligados à música caipira deram grande contribuição para o desenvolvimento do instrumento. Depois, movimentos que associavam a viola ao rock ampliaram esse universo. “Isso foi feito de maneira pessoal. Cada violeiro foi trazendo a sua marca, a sua criatividade, e isso ampliou muito o universo da viola.”

O professor da USP Ivan Vilela – Foto: Marcos Santos

Essa explicação foi dada pelo violeiro Ivan Vilela, professor do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, no segundo episódio do programa USP Especiais que destacou os 20 anos do álbum Paisagens, lançado em 1998, de Vilela, transmitido no dia 5 de junho de 2019.

Ouça nos links acima a íntegra do programa.

O primeiro episódio do USP Especiais sobre Ivan Vilela (disponível neste link) foi ao ar no dia 29 de maio de 2019.

Ivan Vilela nasceu em Itajubá (MG) e se formou em Composição Musical na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde também fez o mestrado em Música. Em 2011, obteve o doutorado em Psicologia Social pela USP, com a tese Uma História Social da Música Caipira.

Essa edição de USP Especiais foi uma reapresentação do programa originalmente transmitido no dia 2 de novembro de 2018.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •