Impressos subversivos na história são tema de evento virtual

Encontro será neste sábado, dia 20, às 16 horas, no canal do Sesc no Youtube

O livro da professora Maria Luiza Tucci Carneiro – Foto: Reprodução

Subvertendo a Ordem – O Papel dos Impressos é o nome do evento que acontecerá neste sábado, dia 20, às 16 horas, no canal do Sesc no Youtube. No encontro, três docentes da USP vão discutir a importância da comunicação impressa ao longo da história e suas implicações na arte, na política e na cultura. Eles são a professora Maria Luiza Tucci Carneiro, do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, o professor Marcos Napolitano, do mesmo departamento, e a professora Helouise Costa, do Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP. Com mediação do jornalista Marcos Guterman, doutor em história pela FFLCH, o evento está baseado no livro Impressos Subversivos: Arte, Cultura e Política no Brasil – 1924-1964, da professora Maria Luiza, recentemente lançado pela Editora Intermeios.

+ Mais

Uma breve história da arte que enfrentou a barbárie

Em seu livro, Maria Luiza mostra o resultado das pesquisas que realizou nos arquivos do Departamento Estadual de Ordem Política e Social (Deops) de São Paulo – órgão que funcionou entre 1924 e 1983 -, onde se encontram folhetos, jornais e revistas confiscados pela censura da época, acusados de subversão. “Há sempre o interesse do Estado em identificar e incriminar o que ele considera como inimigo do regime”, disse a professora ao Jornal da USP, em matéria sobre o livro publicada em janeiro (leia aqui).

No evento deste sábado, Maria Luiza vai comentar algumas das publicações expostas no seu livro, que ao longo de décadas serviram para demonstrar a indignação, o protesto, a rebeldia e a irreverência de grupos contrários ao poder estabelecido. A professora Helouise Costa, por sua vez, vai tratar das obras de artistas judeus que, perseguidos na Alemanha nazista na década de 30 sob a acusação de criar “arte degenerada”, foram publicadas em revistas brasileiras. Já o professor Marcos Napolitano, especialista em História do Brasil Contemporâneo, analisará publicações clandestinas surgidas durante o período da ditadura militar (1964-1985).

Subvertendo a Ordem é uma realização do Sesc e do Laboratório de Estudos sobre Etnicidade, Racismo e Discriminação (LEER) da USP.

O evento Subvertendo a Ordem – O Papel dos Impressos será realizado neste sábado, dia 20, às 16 horas, no canal do Sesc no Youtube


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.