Exposição em São Carlos retrata moradores de rua

Pinturas do artista Alfredo Maffei podem ser vistas na Biblioteca da Escola de Engenharia de São Carlos da USP

Por - Editorias: Cultura
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Obra da exposição Olhares Invisíveis, de Alfredo Maffei – Foto: Divulgação/Assessoria USP-SC

.
Até 15 de junho, a exposição Olhares Invisíveis – Pessoas Sem Casas, Casas Sem Pessoas, do artista são-carlense Alfredo Maffei, fica em cartaz na Biblioteca da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP.

Os trabalhos da série Olhares Invisíveis consistem em intervenções urbanas nas quais o artista retrata, por meio de grandes pinturas murais, moradores de rua que encontra e conhece em suas expedições e buscas mundo afora. Os trabalhos são criados sobre paredes de lugares precários e abandonados, explicitamente ilustrando a condição dos moradores de rua.
As pinturas carregam um forte significado político e social e já foram realizadas em diversos países, onde o artista buscou traduzir suas experiências, tornando clara a rígida situação enfrentada pela população sem teto e procurando sensibilizar uma audiência que se tornou insensível a essa realidade.
A mostra é uma iniciativa da Comissão Organizadora da XIV Semana da Engenharia Ambiental e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 8 às 22 horas. A Biblioteca da EESC fica na na área 1 do campus da USP em São Carlos, situado na Avenida Trabalhador São-Carlense, 400, em São Carlos.
Sobre o artista
Natural de São Carlos, Alfredo Maffei possui graduação em Arte Visuais pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo. O artista já produziu uma série de criações nas quais utiliza imóveis abandonados como suporte para transmitir suas ideias e criar trabalhos expressivos para dar visibilidade aos moradores de rua.
Além de sua produção artística, Maffei atualmente desenvolve pesquisas explorando o potencial de práticas das artes como meio de encurtar as distâncias sociais e culturais e estimular novas conexões positivas entre pessoas de diferentes realidades e culturas, utilizando a arte como ferramenta para enfatizar os laços humanos.
Mais informações podem ser obtidas na Biblioteca da EESC pelo telefone (16) 3373-9247 e pelo e-mail biblioteca@eesc.usp.br.
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados