Exposição em Piracicaba aborda a conservação da fauna silvestre

Mostra apresenta animais taxidermizados, entre eles o lobo-guará, a jaguatirica, a onça-parda e o macaco-prego

Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=228971
Animais taxidermizados (“empalhados”) são apresentados na exposição em cartaz no Museu Luiz de Queiroz da USP, em Piracicaba – Foto: Divulgação/Divisão de Comunicação da Esalq

Para celebrar os 35 anos do Museu Luiz de Queiroz, ligado à Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba, a Comissão e o Serviço de Cultura e Extensão daquela escola prepararam para 2019 um calendário de exposições.

A primeira delas, Bicho, Quem Te Viu, Quem Te Vê!, foi inaugurada na segunda-feira passada, dia 11 de março, e tem como foco a conservação da fauna silvestre da região central do Estado de São Paulo.

Por meio de painéis, registros fotográficos e ilustrações, a mostra apresenta como se deu a evolução da ocupação dos ambientes naturais do interior paulista e o que restou destes ambientes. Ela fica em cartaz até 15 de maio.

Ao longo da exposição, o visitante fica frente a frente com o lobo-guará, a jaguatirica, a onça-parda, o sauá e o macaco-prego – animais taxidermizados (“empalhados”) que frequentemente são atropelados na região – e poderá compreender melhor o que tem sido feito para minimizar essas perdas. Ao final, cada visitante é convidado a tomar suas próprias atitudes para conservar as espécies da rica fauna brasileira. O projeto da exposição Bicho, Quem Te Viu, Quem te vê! é do Centro de Divulgação Científica e Cultural (CDCC) da USP em São Carlos.

Paralelamente à exposição, ocorrerá a mostra Bichos da Esalq. Iniciativa do Laboratório de Ecologia, Manejo e Conservação de Fauna Silvestre da Esalq, a ação ilustrará parte da diversa e abundante fauna silvestre do campus Luiz de Queiroz da USP. O projeto destacará, entre outras espécies, a capivara, o sagui, a seriema, o cágado-de-barbicha e a onça-parda.

A exposição Bicho, Quem Te Viu, Quem Te Vê! fica em cartaz até 15 de maio, de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas, no Museu Luiz de Queiroz da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP  (Rua Pádua Dias, 11, prédio 1, próximo ao Pavilhão de Engenharia, em Piracicaba). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3429.4305.

Caio Albuquerque, de Piracicaba

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.