Exposição de fotos virtual traz novos olhares diante da pandemia 

Mostra apresenta trabalhos finalistas de concurso promovido no ano passado pelo programa USP 60+

 07/04/2021 - Publicado há 8 meses
Por
Foto de Nilvane Machado: expressão de sentimentos do cotidiano marcado pelo distanciamento social – Divulgação/PRCEU-USP

 

“O momento de fotografar cobre de leveza a sensação de isolamento”, conta Nilvane Machado, uma das participantes da exposição fotográfica virtual 50 Dias, 50 Imagens, promovida pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP. A mostra traz imagens feitas por 35 premiados no concurso fotográfico realizado no ano passado pelo USP 60+, programa daquela Pró-Reitoria destinado ao público com mais de 60 anos de idade. Inaugurada no dia 22 de março, a exposição apresenta até 10 de maio uma imagem por dia, acompanhada de um depoimento e de um autorretrato do autor, no Facebook e no Instagram. No total, serão postadas 50 imagens.

Para Nilvane, a fotografia é uma forma de ressignificação, de expressar os sentimentos do cotidiano de distanciamento social imposto pela pandemia de covid-19. Ela considera a iniciativa da Pró-Reitoria “muito importante”, porque contempla um público ainda visto com preconceitos por causa da idade. Ela afirma que é um estímulo participar de projetos que utilizam a arte como estratégia para a criatividade e o aumento da autoestima.

Outra participante da exposição, Sueli Almeida diz que fotografar é colocar na produção imagética a sua essência, seus saberes, seu modo de ser e de interpretar o que ocorre à sua volta. “Nesse sentido, imagine o que uma pessoa de 60 anos tem de experiência, não é mesmo?”

Foto de Sueli Almeida: a natureza como objeto fotográfico e inspiração artística – Divulgação/PRCEU-USP

 

A visão dos fotógrafos com mais de 60 anos tem suas particularidades. Ossamu Tazito, que participa da exposição com uma foto em que explora novas variações de cores e ângulos, descreve o concurso como uma “experiência enriquecedora”, útil para exercitar outras formas de ver paisagens com que convive há décadas. “Os detalhes, as variações de luz, os enfeites da casa, tudo pode ter um novo ângulo. Podemos desenvolver nosso olhar fotográfico onde, como e quando quisermos”, ensina Ossamu.

Nas imagens e nos depoimentos de cada selecionado observa-se a subjetividade, algumas vezes até de maneira poética. Antonio Temoteo expõe os receios de um futuro incerto perante a quarentena. Já Miguel Romero faz reflexões sobre a humanidade e sobre o futuro: “Por que nós teríamos que passar por todo esse processo de reciclagem interior? O que estaria ainda sendo reservado para nós, pobres mortais?”. Maria Antonieta Borrillo, por sua vez, descobre mais sobre si, com características em que não prestava atenção, ao fazer o autorretrato. 

Foto de Ossamu Tazito: a busca por novas variações de luz e ângulos – Divulgação/PRCEU-USP

 

As declarações dos 35 participantes da exposição 50 Dias, 50 Imagens permitem que o público conheça como foi fotografar durante o distanciamento social e os experimentos ao longo do processo. Sueli Almeida, por exemplo, explica que se sentiu privilegiada por morar em uma casa com quintal, onde vive em meio a flores e animais que “preenchem vários momentos dos dias e da alma”. Esse ambiente resultou na captação de belas imagens – uma delas, presente na mostra, fixou um beija-flor entre flores.

Sueli trabalha com fotografia de espetáculos de teatro, um dos setores mais afetados pela pandemia de covid-19. O concurso da Pró-Reitoria foi a oportunidade de voltar às lentes para aspectos alheios à pandemia, como a natureza. Ela entende que o concurso foi uma ferramenta para “expor ao mundo que continua viva, se reinventando e seguindo em frente, apesar dos pesares”.

Segundo o coordenador do programa USP 60+, Egidio Dórea, a comissão julgadora do concurso ficou impressionada com a qualidade das fotos finalistas. “Tivemos participantes de diversos Estados do Brasil. Ou seja, conseguimos extrapolar os muros da Universidade”, comemora Dórea. Para ele, o impacto positivo dos relatos dos participantes e a sensibilidade demonstrada nas imagens captadas indicam que a iniciativa da Pró-Reitoria atingiu seu objetivo. Ele confirma para este ano mais uma edição do concurso, que provavelmente será também no modelo digital.

A exposição virtual 50 Dias, 50 Imagens pode ser visitada gratuitamente nas páginas da mostra no Facebook e no Instagram. Mais informações estão disponíveis na página do projeto 50 Dias, 50 Imagens.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.