Evento na USP lembra os 60 anos de “Grande Sertão: Veredas” e de “Corpo de Baile”

Publicadas em 1956, as duas obras de João Guimarães Rosa serão discutidas por especialistas nos dias 13, 14 e 15 de setembro, no auditório da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)

Por - Editorias: Cultura
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

infinitamente-rosa-editadoInfinitamente Rosa é o nome do evento que será realizado nesta semana, na USP, em homenagem aos 60 anos de publicação de Grande Sertão: Veredas e Corpo de Baile, dois clássicos do escritor mineiro João Guimarães Rosa (1908-1967), lançados em 1956.

O evento inclui conferências e mesas-redondas, que ocorrerão nos dias 13, 14 e 15 de setembro no Auditório Ariosto Mila da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP (Rua do Lago, 876, Cidade Universitária, em São Paulo). Os conferencistas serão os professores Walnice Nogueira Galvão e Willi Bolle, ambos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Entre os professores que participarão de mesas-redondas estão Dieter Heidemann, José Miguel Wisnik e Yudith Rosenbaum, também da FFLCH, que discutirão diferentes aspectos da obra de Guimarães Rosa. O evento é promovido pelo Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) e pela FFLCH.

Confira a seguir a programação de Infinitamente Rosa que será realizada no Auditório Ariosto Mila da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP. Outras atrações – como oficinas de leituras, contação de histórias e narrações de trechos de obras de Rosa – acontecerão na Biblioteca São Paulo, em Santana, na Biblioteca Villa-Lobos, no Alto de Pinheiros, e no Paço do Baobá, no Butantã. A programação completa do evento pode ser consultada neste endereço: http://www.ieb.usp.br/evento/infinitamente-rosa. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3091-3427

Dia 13 de setembro, terça-feira

9h. Abertura: professora Sandra Margarida Nitrini.

9h às 10h30. Conferência: A propósito de Guimarães Rosa (professora Walnice Nogueira Galvão).

11h. Apresentação dos contadores de histórias do Grupo Miguilim, de Cordisburgo (MG): narração de trechos do livro Grande Sertão: Veredas.

Das 14h às 16h. Mesa-redonda: professores Dieter Heidemann (O sertão e a geografia de Rosa) e José Miguel Wisnik (O lugar de Corpo de Baile na obra de Guimarães Rosa). Mediadora: professora Yudith Rosenbaum.

16h. Apresentação do Coral Sertanejo de Jundiaí.

Dia 14 de setembro, quarta-feira

9h às 10h30. Conferência: A travessia do sertão por Martius e por Riobaldo (professor Willi Bolle). Mediadora: professora Sandra Vasconcelos.

Das 14h às 16h. Mesa-redonda: professores Sandra Vasconcelos e Frederico Antonio Camillo Camargo (O acervo de Grande Sertão: Veredas e Corpo de baile no IEB. Mediador: professor Dieter Heidemann.

16h. Narração de estórias. Dôra Guimarães e Tiago Goulart: Apresentação de ‘A Estória de Lélio e Lina’, de Corpo de Baile.

Dia 15 de setembro, quinta-feira

Das 9h às 10h30. Mesa-redonda: professores Adélia Bezerra de Meneses (Miguilim, o Pequeno Jó) e Luiz Roncari (Na fazenda dos Tucanos: o herói entre o ser e não ser, no meio do poder”). Mediadora: professora Cleusa Rios Passos

Das 14h às 15h. Sobre nascedouros de histórias em Guimarães Rosa: projeção do documentário Livro para Manuelzão, de Angélica Del Nery.

Das 15h às 16h. Debate. Professoras Cleusa Rios Passos, Sandra Vasconcelos e Yudith Rosenbaum: Manuelzão e outras histórias.

16h15. Apresentação de dança butô. O diabo na rua no meio de redimunho (José Maria e Espaço Viver Dança e Cia, com participação dos músicos Jean e Joana Garfunkel, Victor Mendes e Wagner Dias).

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados