Tapeçaria oficial produzida na Irlanda do Norte reproduz a batalha de Goldroad, que apareceu no quarto episódio da sétima temporada de Game of Thrones - Foto: Kal242382 via Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Especialistas explicam
sucesso de Game of Thrones

Vídeo produzido pela TV USP traz análises de especialistas sobre a série de televisão norte-americana

20/05/2019

Nunca houve uma produção tão bem acabada no gênero fantasia para televisão como Game of Thrones. Essa é uma das razões do sucesso dessa série de televisão norte-americana, na opinião do professor Roberto Moreira, que leciona Dramaturgia Audiovisual na Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP. A série estreou em 2011 na emissora HBO, dos Estados Unidos, e terminou no domingo passado, dia 19 de maio, quando foi ao ar o último episódio da sua oitava e última temporada.

O professor Roberto Moreira foi um dos especialistas entrevistados no vídeo Olhares sobre Game of Thrones, produzido pela TV USP. No vídeo, além de Moreira, são entrevistados também o professor Mário Lugarinho, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, a crítica de cinema e audiovisual Luiza Lusvarghi, o pós-doutor pela ECA Sílvio Anaz e a mestranda pela ECA Natalia Engler.

Na produção da TV USP, que tem seis minutos de duração, os especialistas abordam as características das personagens, a linguagem, os efeitos narrativos, os temas políticos e outros aspectos de Game of Thones. A série foi criada por David Benioff e D. B. Weiss, baseada na série de livros A Song of Ice and Fire, de George R. R. Martin.

Clique no link abaixo e assista ao vídeo Olhares sobre Game of Thrones, da TV USP.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.