Especialistas discutem a obra de Marcel Proust em evento on-line

Encontro acontece nos dias 20, 21 e 22 de setembro, com transmissão ao vivo pela internet

 17/09/2021 - Publicado há 1 mês
Por
O escritor francês Marcel Proust – Foto: Wikipedia

 

Para celebrar o nascimento, há um século e meio, de uma das maiores figuras da literatura universal, o escritor francês Marcel Proust (1871-1922), o Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP vai promover o evento on-line Proust, 150 Anos. A programação terá início no dia 20, segunda-feira, às 14h30, e se estende até o dia 22, quarta-feira. O evento será transmitido ao vivo através do site do IEA.

Proust, 150 Anos vai explorar vários aspectos da obra do escritor francês. A programação abre com a fala do professor Philippe Willemart, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, no dia 20, às 14h30. O professor vai abordar as possibilidades de leitura de Proust a partir da crítica genética (busca de detalhes que compõem a obra para melhor compreensão), em conversa com o crítico literário Gilberto Pinheiro Passos.

No dia 21, também às 14h30, Gloria Carneiro do Amaral, doutora em Letras pela USP e professora do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie, vai apresentar a relação da obra póstuma de Proust Contre Sainte-Beuve com autores do mesmo período criticados por Proust, como Honoré de Balzac. Além disso, Gilberto Pinheiro Passos fará uma incursão pelas vestimentas e adereços das personagens femininas de Proust e Machado de Assis.

No encerramento do evento, no dia 22, sempre às 14h30, dois jovens pesquisadores vão abordar a recepção de Proust no Brasil. O mestre em Literatura Francesa pela FFLCH Fillipe Augusto Mauro irá discorrer sobre o tema das apropriações de Proust no romance brasileiro. Étienne Sauthier, doutor em Estudos Latino-Americanos pela Universidade Paris 3  (Sorbonne Nouvelle), vai explorar a figura do autor e as múltiplas formas de recepção de seus escritos como elementos constitutivos de identidades brasileiras.

Nascido em Paris em 1971, Marcel Proust teve várias experiências literárias ao longo de sua vida. Fundou a revista Le Banquet em 1892 com alguns amigos. Também frequentava os salões da alta burguesia parisiense, que fornecia material para suas obras literárias, muitas delas satirizando os costumes da aristocracia. O escritor também abordou  outros temas, como a arte e o amor.

Após a morte de sua mãe, em 1905, Proust ficou isolado e acabou se dedicando ao que no futuro seria considerado sua obra-prima, Em Busca do Tempo Perdido (1913). O clássico da literatura mundial é formado por sete volumes sobre o tempo e a memória. Ele recria uma série de personagens e ambientes de sua época, como as férias que o narrador passa com a avó e o desenvolvimento de paixões amorosas em Paris.

O evento Proust, 150 Anos, promovido pelo Grupo de Pesquisa Brasil-França do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP, será realizado nos dias 20, 21 e 22 de setembro, sempre às 14h30, com transmissão ao vivo pelo site do IEA. A programação completa e mais informações estão disponíveis na página do evento.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.