Escritora Patrícia Portela fala sobre seus processos criativos

Autora portuguesa participa de evento on-line promovido pela USP nesta quinta-feira, dia 7, às 16 horas

 Publicado: 06/10/2021
Por
Cartaz do evento – Imagem: Divulgação/FFLCH

 

Uma misteriosa doença ataca as crianças da Flandia: elas dormem sem prazo para acordar. Os flans demoram a perceber que há algo de podre na nação mais desenvolvida do planeta. Apesar de o algoritmo que administra o governo tentar mascarar a crise com números e slogans, logo se inicia um movimento de emigração ilegal rumo ao selvagem Olival. Nesse cenário caótico, há o desespero da viúva Ofélia, que tenta manter a filha acordada, e a esperança da enfermeira androide Maria do Carmo, que tenta compreender os humanos. Essa trama está presente em Hífen (2021), livro da escritora portuguesa Patrícia Portela, que é a convidada do evento Ocupações: o Escritor na USP, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa (ECLLP) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. O encontro acontece nesta quinta-feira, dia 7, às 16 horas, no canal da FFLCH no Youtube, e abordará temas como a produção literária, o processo criativo e os desafios e aprendizados ao longo da vida da autora. A coordenação geral é da professora Fabiana Carelli, do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da FFLCH.

O projeto Ocupações: o Escritor na USP constitui uma série de encontros com escritores de língua portuguesa, a fim de fortalecer a área de literatura na Universidade, ampliar e aprofundar o convívio dos alunos com escritores e disseminar a discussão de tópicos de interesse literário e cultural, além de contribuir com a história da USP e de sua influência na vida cultural do País, segundo Penélope Salles, mestra em Letras pelo ECLLP, uma das coordenadoras do evento. Ela acredita que o contato com a produção literária é imprescindível para entender o contexto social e histórico de determinada sociedade, para entender a diversidade de um povo, para conhecer as suas culturas, crenças e ideologias e, principalmente, para  compreender uma sociedade multifacetada e fragmentada como a nossa, em que os papéis sociais estão em constante mudança. Nesse sentido, o projeto contempla escritores com estilos, temas e estruturas narrativas diversas, cada um com seu estilo sem seguir uma tendência única, que vai do romance clássico ao mais experimental. “Através dos seus relatos pessoais, constatamos na produção literária dos autores convidados essas mudanças refletidas”, afirma Penélope.

Patrícia Portela, escritora, artista, cronista e ilustradora do Jornal de Letras e diretora artística do Teatro Viriato, em Portugal, foi a escolhida para esta edição de Ocupações: o Escritor na USP porque se trata de “uma das vozes mais originais e potentes da literatura portuguesa contemporânea”, segundo Penélope. “Infelizmente, ela ainda é pouco conhecida no Brasil.” A escritora nasceu em Portugal (1974) e hoje vive tanto no país nativo como na Bélgica. Estudou Realização Plástica do Espetáculo (Lisboa), Dramaturgia do Espaço (Utrecht e Antuérpia), Cinema (Ebeltoft) e Filosofia (Leuven). Participou do 46º International Writers Program, em Iowa, nos Estados Unidos, em 2013. Além disso, Patrícia é reconhecida também pelas suas obras: O Banquete (2012), Zoëlógica (2016), Dias Úteis (2017) e Hífen (2021).

Penélope Salles acredita que, ao ouvir os relatos dos escritores sobre os seus processos criativos, seus percursos e percalços, os alunos têm a oportunidade de compreender melhor as produções literárias desses autores. No evento, os estudantes poderão fazer perguntas à convidada por meio do chat do evento, que serão respondidas no final do encontro, que terá a mediação da escritora Carla Kinzo, doutora em Letras pelo ECLLP.

O evento Ocupações: o Escritor na USP, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa (ECLLP) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, acontece nesta quinta-feira, dia 7, às 16 horas, no canal da FFLCH no Youtube. Grátis. Mais informações estão disponíveis neste link.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.