Editora da USP lança o “Ensaio sobre Música Brasileira”

Nova edição reconstitui trechos da obra original de Mário de Andrade, publicada em 1928

 17/11/2020 - Publicado há 1 ano  Atualizado: 23/11/2020 as 13:38
Por
O escritor modernista Mário de Andrade – Foto: Reprodução

“É o texto mais importante da musicologia brasileira do século 20.” É assim que a professora Flávia Camargo Toni, do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP, se refere ao Ensaio sobre Música Brasileira, de Mário de Andrade (1893-1945). Publicado originalmente em 1928, o livro ganha nova edição, que será lançada pela Editora da USP (Edusp) nesta quinta-feira, dia 19, às 15 horas, na página do IEB no Facebook. O lançamento incluirá debate entre a professora Flávia Toni e quatro especialistas em música brasileira – Fernando Binder, Camila Fresca, João Luiz Sampaio e Ana Novais -, que discutirão o pensamento do escritor modernista.

Organizada por Flávia Toni, a nova edição do Ensaio sobre Música Brasileira – a quinta – está baseada nas pesquisas feitas pela professora nos arquivos de Mário de Andrade, que fazem parte do acervo do IEB. Com 296 páginas, ela é ampliada com um dossiê com oito artigos publicados na época do lançamento da primeira edição do livro, em 1928. “Os artigos do dossiê demarcam o início da difusão da fortuna crítica do ensaio de Mário de Andrade sobre música brasileira”, diz a professora.

Capa da nova edição de Ensaio sobre Música Brasileira, de Mário de Andrade, publicada pela Editora da USP (Edusp) – Foto: Divulgação

Flávia explica que a primeira edição da obra foi produzida pela editora Irmãos Chiarato, especializada em música. Nas três edições seguintes – lançadas em 1962, 1972 e 2006 -, trechos do livro foram omitidos, em boa parte em razão de ter sido adotado o formato de livro comum. Com base nas pesquisas nos arquivos do escritor, foi possível reconstituir os elementos originais da obra, além de notas e marcações feitas por Mário de Andrade.

Segundo Flávia, o livro traz de volta características físicas importantes da obra original, como o tamanho grande, que facilita a leitura das partituras. Além da capa dura, que permite apoiar o livro no piano, a nova edição apresenta um índice com a relação de todas as melodias citadas, o que favorece a localização rápida das músicas. 

Lançado no mesmo ano de publicação de Macunaíma, o Ensaio sobre Música Brasileira reproduz o trabalho que Mário de Andrade desenvolvia há anos em busca de conhecer os cantos e danças dos brasileiros, “um verdadeiro trabalho de etnomusicologia, que na época ainda não existia como disciplina”, de acordo com nota divulgada pela Edusp. “O volume reúne cantos e danças organizados de acordo com categorias que definiu como toadas, cantigas, cantos de trabalho, martelos, lundus etc., que são o resultado de coletas que o próprio Mário efetuou ou da colaboração de amigos e informantes.”

O lançamento de Ensaio sobre Música Brasileira, de Mário de Andrade, organizado por Flávia Toni e publicado pela Editora da USP (Edusp), acontece nesta quinta-feira, dia 19, às 15 horas, na página do  Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) no Facebook. Grátis. Não é preciso fazer inscrição. O livro pode ser comprado no site da Edusp.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.