Editora da USP lança livro sobre medicamentos

Livro é fruto de programa da USP que incentiva professores a criarem obras para o ensino de graduação

Por - Editorias: Cultura
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Livro destaca, entre outros temas, os processos industriais que dão origem a dez medicamentos, da popular Aspirina ao AZT – Foto: The U.S. Food and Drug Administration / Domínio público via Wikimedia Commons

Quando abre o volume Da Molécula ao Medicamento, o leitor mergulha nas origens, no processo de obtenção e na trajetória industrial de dez medicamentos do mundo contemporâneo. Do ácido acetilsalicílico (a popular Aspirina) até a zidovudina (conhecida como AZT), o estudante encontra toda a cadeia de produção da indústria farmacêutica, numa linguagem que se propõe acessível, escrita pela professora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP Cristina Northfleet de Albuquerque.

A obra faz parte da Coleção Acadêmica da Editora da USP (Edusp) e foi viabilizada através do Programa de Incentivo à Produção de Livros Didáticos para o Ensino de Graduação (PIPLDE). Criada pela Pró-Reitoria de Graduação em parceria com a Edusp, a iniciativa pretende incentivar que docentes da Universidade produzam livros voltados para estudantes de graduação. Os professores contemplados no edital do programa podem se licenciar de atividades didáticas por até 12 meses para se dedicar à produção das obras.

Conforme explica Cristina na introdução do volume, Da Molécula ao Medicamento surgiu da percepção da necessidade de material didático mais completo sobre as fases de produção de fármacos e medicamentos. “As disciplinas envolvidas sempre foram focadas em apenas uma parte do processo produtivo, muitas vezes não se relacionando com outras, levando a um ensino muito fragmentado”, destaca a autora.

Depois de abordar as características da molécula que dará origem ao medicamento, livro mostra como ela é processada pela indústria farmacêutica – Foto: The U.S. Food and Drug Administration / Domínio público via Wikimedia Commons

A seleção dos dez medicamentos apresentados no livro foi pautada pela abrangência. Estão na obra anti-inflamatórios, antibióticos, antibacterianos, antiparasitários, analgésicos e antivirais. Cada um recebe capítulo próprio, dividido em seis tópicos.

Cada um começa com o histórico, contando a descoberta do medicamento, suas primeiras citações e a trajetória de patentes e registros. Nessa seção é possível encontrar a origem da Aspirina nas folhas e cascas de salgueiro ou descobrir que os chineses já usavam ervas terapêuticas no combate a doenças parasitárias desde 2.735 a.C., por exemplo.

A professora Cristina Northfleet de Albuquerque, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

A seguir, vêm tópicos mais técnicos. Em “Métodos de obtenção”, a autora trata das características da molécula do medicamento, suas reações químicas e principais matérias-primas. Logo depois, “Processamento industrial” aborda sua trajetória na indústria, descrevendo as características escolhidas para o medicamento, com exemplos de suas formas comerciais mais comuns. É aqui que o leitor entende por que um medicamento chega às farmácias como pomada ou como comprimido.

A descrição do medicamento continua com sua farmacologia, abordando os mecanismos de ação conhecidos, efeitos adversos, seu tempo de ação e dosagens. Finalmente, cada capítulo é encerrado por uma ficha técnica, seguida da bibliografia utilizada por Cristina.

“Os profissionais farmacêuticos atuam em diferentes setores da assistência farmacêutica e, para serem integrados aos setores industriais, devem ter uma visão ampla da produção de medicamentos”, justifica a professora sobre a opção por trazer toda a trajetória do medicamento.

O livro lançado pela professora Cristina de Albuquerque – Foto: Reprodução

Voltado para estudantes de graduação dos cursos de Farmácia, Biologia, Química, Medicina e da área da saúde em geral, Da Molécula ao Medicamento é o segundo livro publicado pela Edusp oriundo do PIPLDE. Quase simultaneamente, a editora lançou também Lógica Matemática, do professor do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da USP Rogério Augusto dos Santos Fajardo.

De acordo com o edital lançado pela Pró-Reitoria de Graduação em agosto de 2016, o programa busca incentivar a produção de livros didáticos em todas as áreas do conhecimento. Além de inéditos, prevê também o lançamento de edições revistas e ampliadas de obras já publicadas e esgotadas.

Da Molécula ao Medicamento, de Cristina Northfleet de Albuquerque, Edusp, 320 páginas, R$ 38,00.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados