Crianças e adolescentes têm dia de arqueólogo na USP

Atividade do Museu de Arqueologia e Etnologia oferece escavação simulada nas férias escolares

Por - Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=143473
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

.

Visitar uma exposição sobre a vida na cidade grega antiga, aprender noções básicas do trabalho de um arqueólogo e participar de uma escavação em busca de artefatos com mais de mil anos de idade. Essa é a descrição de uma tarde no Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE) da USP durante as férias escolares.

Anualmente, o MAE oferece atividades educativas para crianças e adolescentes durante janeiro e julho. Uma das mais tradicionais é a escavação simulada. Nela, o público tem contato com vestígios arqueológicos reais e aprende fundamentos do trabalho do pesquisador.

Cada grupo participa de dois dias de atividades, sempre vinculados a uma exposição do museu. Em 2018, as crianças e adolescentes iniciam o aprendizado com uma viagem à Antiguidade na mostra Pólis – Viver na Cidade Grega Antiga. Utensílios domésticos, capacetes e cerâmicas são o ponto de partida para se recriar a vida na pólis. Juntam-se aos objetos arqueológicos maquetes de cidades gregas e um passeio virtual por uma casa repleta de utensílios do dia a dia helênico.

No segundo dia, as crianças e adolescentes vão a campo. Em grupos, retiram da areia pontas de flecha, rochas e outros objetos, para discutir suas características e preencher uma ficha de escavação.

A programação é voltada para grupos de crianças de 6 a 11 anos e grupos de adolescentes de 12 a 15 anos. As vagas para janeiro de 2018 já estão esgotadas. Inscrições e informações pelo telefone (11) 3091-4905 ou pelo e-mail educativo.mae@usp.br. O MAE fica na Avenida Professor Almeida Prado 1.466, na Cidade Universitária, em São Paulo.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados