Concurso cultural para estudantes da USP abre inscrições

Programa Nascente oferece prêmios de R$ 4 mil em sete áreas da cultura e se adapta por causa da pandemia

 04/06/2021 - Publicado há 5 meses
Por
Programa Nascente volta às atividades em 2021, com adaptações em virtude da pandemia – Foto: Reprodução

 

Estão abertas até 20 de julho as inscrições para a 28ª edição do Programa Nascente USP, concurso cultural que revela talentos da Universidade nas artes cênicas, artes visuais, audiovisual, design, música e texto. A edição de 2021 tem sabor especial porque marca a retomada do programa, que não aconteceu ano passado em virtude da pandemia.

Criado em 1991, o Nascente é organizado pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP e é voltado a estudantes regularmente matriculados nos cursos de graduação e de pós-graduação da Universidade, em qualquer área do conhecimento. São sete as categorias contempladas pelo programa: Artes Cênicas, Artes Visuais, Audiovisual, Design, Música Erudita, Música Popular e Texto.

Ao longo de sua trajetória, o concurso já recebeu mais de 10 mil trabalhos. Só em 2019, 694 estudantes se inscreveram com um total de 590 obras. Para acontecer este ano, tendo em vista os protocolos de segurança exigidos pelo combate à pandemia, o Nascente precisou se adaptar. As tradicionais mostras, exibições e saraus dos finalistas foram repensadas como transmissões on-line e mostras virtuais.

“A principal mudança é que parte da sua configuração terá que ser virtual”, comenta a coordenadora do Nascente, professora Margarida Maria Krohling Kunsch, pró-reitora adjunta de Cultura e Extensão Universitária da USP. “O regulamento passou por adaptações e ajustes, sobretudo em relação à festa de premiação, sempre muito concorrida e com ampla participação do público nas edições anteriores.”

Os estudantes interessados podem inscrever trabalhos que tenham sido realizados até no máximo dois anos. Algumas categorias permitem a inscrição de apenas uma obra, enquanto outras, de acordo com o regulamento, permitem ao participante apresentar trabalhos em diferentes subcategorias. Quando preencher o formulário on-line, o estudante deverá enviar também registros digitais de sua obra, segundo a especificidade de cada campo: arquivos .pdf, .mp3 ou links para o Google Drive.

Festa de premiação do Programa Nascente em 2019 – Foto: Reprodução

 

Duas fases compõem o concurso. Na primeira, acontece a avaliação e a seleção dos pré-finalistas pela comissão julgadora. Na segunda, os finalistas expõem seus trabalhos nos eventos on-line de mostra, conforme cada categoria, e a mesma comissão julgadora escolhe os premiados e as menções honrosas. Cada categoria artística poderá ter até dois vencedores, que receberão um prêmio de R$ 4 mil, a título de direito autoral.

Cada uma das categorias terá uma comissão julgadora, formada por dois docentes da USP, com competência reconhecida na área, e um especialista externo à Universidade. Mestrandos e doutorandos da USP nas áreas de artes e crítica podem participar como ouvintes das comissões julgadoras. Para isso, precisam se inscrever entre 14 de junho e 14 de julho. Os selecionados acompanharão os trabalhos das comissões e receberão um atestado de participação.

Mudanças na pandemia

A categoria de Artes Cênicas apresenta mudanças significativas nesta 28ª edição do Nascente. Ela conta com três subcategorias: Direção, Interpretação Individual (Monólogo) e Dramaturgia. Para seguir os protocolos de segurança, os projetos de encenação enviados para a subcategoria Direção deverão ser apenas para monólogos. Pelo mesmo motivo, está ausente neste ano a subcategoria Interpretação em Grupo.

Por sua vez, a categoria de Música Erudita mantém suas subdivisões em Composição, Intérprete Vocal e Intérprete Instrumental. Música Popular também conta com essas três subcategorias, às quais se junta outra, Arranjo, já presente nas edições anteriores.

Criado em 1991, Programa Nascente já recebeu cerca de 10 mil trabalhos. Acima, cerimônia de premiação do programa em 2019 – Foto: Reprodução

 

A novidade nas categorias musicais é que as mostras dos trabalhos finalistas, previstas para os dias 20 e 22 de outubro, acontecerão através de transmissões ao vivo pelo canal do Nascente no YouTube. Os selecionados farão apresentações no Anfiteatro Camargo Guarnieri, sem plateia e com número reduzido de técnicos. O mesmo procedimento será adotado para a mostra dos finalistas de Artes Cênicas, que acontece no dia 27 do mesmo mês.

A categoria de Artes Visuais – subdividida em Desenho, Escultura, Objeto, Fotografia, Gravura, Instalação, Site Specific, Multimídia, Vídeo, Arte Sonora, Net Art, Performance e Pintura – ganha exposição digital dos finalistas. O mesmo acontece na categoria Audiovisual – que conta com duas subcategorias: Projeto e Finalização, ambas contemplando trabalhos de animação, documentário e ficção – e na categoria Design, que abrange Identidade Visual e Aplicações (papéis, marca, folder e cartaz), Mobiliário Urbano, Design de Exposição, Projeto Editorial, Webdesign e Design de Produto. As três categorias terão suas exposições on-line abertas ao público de 28 de outubro até 31 de janeiro.

Já o Sarau Literário, com os finalistas da área Texto (crônica, prosa ficcional, poesia e reportagem), também será transmitido pelo canal do Nascente no YouTube, no dia 28 de outubro. A divulgação dos premiados está marcada para 19 de novembro.

A coordenadora Margarida Kunsch não descarta, entretanto, a possibilidade de algumas atividades do programa serem presenciais, caso haja melhoras em relação à pandemia. “Em princípio estamos trabalhando com a possibilidade de alguma forma híbrida”, explica. “Tudo irá depender da situação sanitária do momento. Os trabalhos vencedores nas categorias de Artes Visuais, Design e Audiovisual serão expostos no Centro Cultural Maria Antonia e terão também uma exposição virtual”.

Para Margarida, a expectativa com o retorno do concurso é alta. A realização do concurso, durante a pandemia, representa também um apoio aos estudantes nesse período crítico, acredita. “Esta 28ª edição permitirá aos estudantes dar vazão à sua criatividade e aos seus talentos artísticos. E quem sabe superar o cansaço mental e a rotina estressante pela qual estamos passando com a pandemia, excessos de trabalhos e de lutas pela saúde e pela vida”, conclui a coordenadora.

As inscrições para a 28ª edição do Programa Nascente devem ser feitas pela internet até 20 de julho no site do concurso, onde estão disponíveis o regulamento e mais informações.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.