Cinema da USP lança série de podcasts com discussões sobre filmes

“Cinusp em Casa” traz análises de produções exibidas em mostras realizadas na USP

Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=325121

O Cinema da USP Paulo Emílio (Cinusp) tem uma novidade nesta época em que, devido às regras de isolamento social, está proibido de exibir sessões de filmes: ele acaba de lançar uma série de podcasts, intitulada Cinusp em Casa.

A série tem o objetivo de promover debates sobre mostras e filmes exibidos no Cinusp. Apresentada pela equipe do Cinusp, já conta com quatro episódios, três deles sobre filmes da mostra Novíssimo Cinema Brasileiro, parcialmente apresentada em março passado e interrompida em razão da pandemia do novo coronavírus. O conteúdo dos podcasts vem na forma de uma conversa descontraída entre os membros da equipe, mas trazendo muita informação e discussões sobre diferentes aspectos dos longas.

Apesar de estar de salas fechadas para evitar aglomerações, o Cinusp não está parado durante o isolamento, mantendo uma programação on-line sempre atualizada. Além da série de podcasts Cinusp em Casa, há várias outras atrações. No canal do Cinusp no Youtube, estão disponíveis vídeos com debates sobre filmes exibidos em mostras no Cinema da USP. Muitos desses debates têm a participação de diretores e atores e todos contam com professores de diferentes departamentos da USP, especialistas nos temas tratados nos filmes. Entre os eventos disponíveis em vídeo no canal do Cinusp estão debates sobre os filmes Tully (2018), de Jason Reitman – que aborda o sofrimento psíquico na experiência da maternidade -, com participação da professora Rachele Ferrari, do Instituto de Psicologia (IP) da USP, e Hanami – Cerejeiras em Flor (2008), de Doris Dörrie, com a presença do professor Marcos Ferreira Santos, da Faculdade de Educação da USP.

O Cinusp pode ser seguido também no Instagram e no Facebook.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.