Cao Hamburger ganha Emmy e exalta diversidade do Brasil

Em entrevista na Rádio USP, cineasta afirma que diversidade brasileira precisa ser valorizada

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O cineasta, roteirista e produtor brasileiro Cao Hamburger ganhou o prêmio Emmy Internacional pela produção da série Malhação: Viva a Diferença, apresentada em 213 capítulos entre maio de 2017 e março de 2018. O prêmio foi entregue em cerimônia realizada no dia 9 de abril passado, em Cannes, na França. “A proposta foi falar principalmente sobre a diversidade da sociedade brasileira”, explica Hamburger sobre a série, em entrevista no programa Via Sampa, da Rádio USP (93,7 MHz), transmitida no dia 24 de abril.

Cao Hamburger – Foto: CEPID NeuroMat via Wikimedia Commons / CC BY-SA 4.0

Para Hamburger, a diversidade cultural é a maior riqueza do Brasil. “A gente tem que dar valor a isso, porque as nossas melhores coisas vêm dessa miscigenação”, diz o cineasta, citando como exemplo a música popular. “É uma grande diferença que o País tem e que precisa ser valorizada.”

Sobre o prêmio, Hamburger afirma que ele é uma demonstração de que a qualidade da dramaturgia da televisão brasileira “é uma das melhores do mundo”.

Hamburger é um uspiano sem ter feito graduação na USP, como ele brinca na entrevista. Filho dos professores do Instituto de Física da USP Ernst Hamburger (1933-2018) e Amélia Hamburger (1932-2011) e irmão da professora da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP Esther Hamburger, ele viveu a infância nos arredores da Cidade Universitária, em São Paulo, onde costumava passear de bicicleta.

Ouça no link acima a íntegra da entrevista de Cao Hamburger no Via Sampa.

Com produção de Heloisa Granito e apresentação de Miriam Ramos, Via Sampa é transmitido diariamente, ao meio-dia, pela Rádio USP.

 

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •