Camerata da Orquestra Sinfônica da USP exibe obra de Stravinsky

“A História do Soldado” será apresentada nesta semana na Cidade Universitária, em São Paulo, e em Itu

Por - Editorias: Cultura
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Para apresentar a obra de Stravinsky, a Camerata da Osusp será formada por sete músicos da Orquestra Sinfônica da USP (acima) – Foto: Cecília Bastos

A História do Soldado, obra do compositor russo Ígor Stravinsky (1882-1971), será executada pela Camerata da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) em duas ocasiões nesta semana. Nesta quinta-feira, dia 21, às 12h30, a apresentação será na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (BBM) da USP, na Cidade Universitária, em São Paulo. Já no sábado, dia 23, às 11 horas, o palco do concerto será o Museu Republicano Convenção de Itu, também da USP. A entrada é gratuita nos dois eventos.

Para essa apresentação, a Camerata Osusp será formada por sete membros da orquestra: Karen Hanaí (violino), Alexandre Miranda (contrabaixo), Tiago Garcia (clarineta), Mariana Bergsten (fagote), Amarildo Nascimento (trompete), Carlos Freitas (trombone) e Leopoldo Prado (percussão). A regência será de Wagner Polistchuk e a narração, de Luiz Eduardo Frin.

Composta em 1918, a obra – criada a partir do texto de mesmo nome de autoria do escritor suíço Charles-Ferdinand Ramuz (1878-1947) – conta a história de um soldado que vende sua alma, simbolizada por um violino, ao diabo. Pensada como um espetáculo cênico-musical, a história tenta mostrar aquilo que o ser humano é capaz de fazer em nome de seus desejos, vaidades e sede de poder. Os instrumentos utilizados na apresentação representam as personagens que narram a história: o soldado, a princesa, o diabo e o narrador.

Biblioteca Guita e José Mindlin da USP fica na Rua da Biblioteca, s/n, Cidade Universitária, em São Paulo (SP). 

O Museu Republicano Convenção de Itu fica na Rua Barão de Itaim, 140, Centro, em Itu (SP).

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados