Câmara inaugura escultura em homenagem ao jornalista Vladimir Herzog

Peça é uma ampliação do troféu “Vlado Vitorioso”, criado por Elifas Andreato para prêmio da ONU

Por - Editorias: Cultura
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Imagem simula como ficará após conclusão do projeto a Praça Vladimir Herzog, localizada entre o Palácio Anchieta e a Praça da Bandeira - Foto: Oboré
Imagem simula como ficará após conclusão do projeto a Praça Vladimir Herzog, localizada entre o Palácio Anchieta e a Praça da Bandeira – Foto: Oboré

.

Em 2008, Elifas Andreato foi convidado pela ONU para elaborar uma obra que representasse o direito à vida e à justiça - Foto: RenattodSousa/Câmara Municipal de São Paulo
Em 2008, Elifas Andreato foi convidado pela ONU para elaborar uma obra que representasse o direito à vida e à justiça – Foto: RenattodSousa/Câmara Municipal de São Paulo

A Câmara Municipal de São Paulo inaugurou nesta terça-feira, dia 25 de outubro, uma escultura em homenagem ao jornalista Vladimir Herzog, ex-professor da USP morto nas dependências do DOI-Codi durante o regime militar. A cerimônia foi realizada na praça que também leva o nome do jornalista e fica ao lado do Palácio Anchieta (esquina da rua Santo Antonio com Terminal Bandeira).

A escultura é uma reprodução da obra Vlado Vitorioso, esculpida pelo artista plástico Elifas Andreato para um prêmio especial da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2008, em comemoração aos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Com 2,20 metros de altura, foram fundidos 200 quilogramas de bronze para a criação da obra.

Na praça, já existe um mosaico inspirado no quadro 25 de Outubro, também de autoria de Andreato, que denuncia o assassinato de Herzog pela ditadura militar em 1975. O custo da estátua foi de R$ 41 mil, contratado mediante licitação.

Projeto

A Praça Vladimir Herzog, localizada atrás do prédio da Câmara, passou por dois processos de mudança. O primeiro, em 2013, foi a alteração do nome do local, antes denominado “Jardim da Divina Providência”. A mudança ocorreu por meio do projeto de lei aprovado pelos vereadores no mês de abril daquele ano. Em outubro de 2015, a praça foi oficialmente reinaugurada, sendo assim encerrada a primeira etapa do processo de revitalização do local.

Dias antes da reinauguração, a praça recebeu uma muda de ginkgo biloba, planta que resistiu ao ataque nuclear em Hiroshima e representa a luta e resistência aos ataques praticados no combate na cidade japonesa.

Além da escultura Vlado Vitorioso e do mosaico 25 de Outubro, o projeto idealizado pela Comissão Municipal da Verdade Vladimir Herzog com a família do jornalista prevê a reprodução do Prêmio Vladimir Herzog de Jornalismo e Direitos Humanos em versão ampliada (1,5 metro de altura).

slide
Praça que leva o nome do jornalista fica ao lado do Palácio Anchieta (esquina da rua Santo Antonio, com Terminal Bandeira) - Foto: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de São Paulo
slide
A inauguração da escultura aconteceu na terça-feira, dia 25 de outubro, aniversário do assassinato do jornalista, sob tortura, em 1975 - Foto: Divulgação
slide
Imagem simula como ficará após conclusão do projeto a Praça Vladimir Herzog, localizada entre o Palácio Anchieta e a Praça da Bandeira – Foto: Oboré
slide
Elaborado para a exposição A Guernica Brasileira, em 1981, e atualmente no Sindicato dos Jornalistas, o quadro 25 de Outubro denuncia o assassinato. Foi reproduzido como moisaco na Praça Vladimir Herzog - Foto: Reprodução
slide
Anualmente o Prêmio Vladimir Herzog de Jornalismo e Direitos Humanos (à dir.) é entregue a jornalistas que contribuem para a reflexão sobre o tema, e também terá seu troféu ampliado como escultura para a praça - Foto: Oboré
Prev
Next

00

Para o artista Elifas Andreato, “essa praça se tornará, na verdade, um memorial dedicado a Vladimir Herzog”.

Saiba mais:

Há 40 anos, morte de Vlado marcava o início do fim da ditadura

Com informações da Oboré e da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de São Paulo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados