Bloco de carnaval da Dona Yayá vai às ruas neste domingo (19)

O bloco Yayartes se concentrará às 10 horas para desfile em homenagem aos 130 anos de Dona Yayá

Por - Editorias: Cultura
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
20170217_BlocoYaya
Dona Yayá e seu estandarte no Carnaval 2015 – Foto: Bloco da Dona Yayá

.

O bloco Yayartes, fará seu desfile neste domingo (19), às 10 horas. O bloco encerra a programação especial de 130 anos do nascimento de Sebastiana de Melo Freire, a Dona Yayá, promovida pelo Centro de Preservação Cultural (CPC) da USP. A concentração será na Rua Coração da Europa, número 1.395, na Bela Vista, com término na Casa de Dona Yayá.

O Yayartes surgiu há 15 anos pela União de Mulheres de São Paulo, uma organização não governamental, sediada no bairro da Bela Vista, que atua há mais de 30 anos defendendo os direitos das mulheres. Desde o seu surgimento, o bloco sai às ruas do Bixiga na semana que antecede ao Carnaval.

Com uma vida marcada por tragédias, Dona Yayá foi uma senhora da alta sociedade paulista. Filha de um fazendeiro, empresário e político importante de São Paulo, ela perdeu, ainda muito jovem, duas irmãs e os pais, restando apenas um irmão. O irmão, que foi aluno da Faculdade de Direito do Largo São Francisco, morre após se atirar em alto mar durante uma viagem. Sozinha, Dona Yayá era a única herdeira de uma vasta fortuna.

Com 31 anos, aparecem os primeiros sintomas de sua doença mental, que a obrigaria a ficar reclusa em uma casa toda adaptada no bairro do Bixiga. Após sua morte, toda a sua fortuna foi considerada vacante e destinada à Universidade de São Paulo. Hoje, a casa que a abrigou até o fim de sua vida recebeu o nome de Casa de Dona Yayá e é sede do Centro de Preservação Cultural da Universidade.

Em 2012 o projeto Bixiga em Artes e Ofícios, realizado pelo CPC, registrou neste vídeo uma saída do bloco e contou sobre sua formação. Assista aqui:


Mais informações: site http://blocodadonayaya.blogspot.com.br/

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados