Agostinho dos Santos é a “voz veludo” do Brasil

Músicas brasileiras e estrangeiras na voz do cantor paulistano foram apresentadas no programa “Olhar Brasileiro”

O cantor paulistano Agostinho dos Santos – Foto: Wikimedia Commons

 

Ouça nos links abaixo o programa Olhar Brasileiro, da Rádio USP (93,7 MHz), transmitido no dia 11 de abril de 2021, que destacou o cantor paulistano Agostinho dos Santos (1932-1973).

Com uma das vozes mais bonitas da música popular brasileira, o cantor paulistano Agostinho dos Santos (1932-1973) permanecerá “a voz veludo do Brasil”, ainda que ele tenha caído numa espécie de ostracismo, disse o pesquisador Omar Jubran no programa Olhar Brasileiro, da Rádio USP (93,7 MHz), transmitido no dia 11 passado.

Nascido no bairro do Brás, em São Paulo, Agostinho dos Santos começou sua carreira cantando nas rádios da capital paulista, transferindo-se em 1955 para o Rio de Janeiro, onde atuou na Rádio Mayrink Veiga. Um ano depois, gravou seu primeiro disco. A trajetória do artista foi interrompida precocemente em 1973, aos 41 anos de idade, num desastre aéreo ocorrido no aeroporto de Paris, na França.

Grandes clássicos da música brasileira na voz de Agostinho dos Santos foram ouvidos no programa, como Eu e a Brisa, de Johnny Alf, Travessia, de Milton Nascimento e Fernando Brant, Carolina, de Chico Buarque, e Se Todos Fossem Iguais a Você, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes. O cantor gravou ainda canções estrangeiras, como Night and Day, de Cole Porter, e Bésame Mucho, de Consuelo Velázquez, também exibidas em Olhar Brasileiro.

Ouça nos links acima a íntegra do programa.

Dedicado à divulgação da música popular brasileira, Olhar Brasileiro vai ao ar pela Rádio USP (93,7 MHz) sempre aos domingos, às 10 horas, com reapresentação na terça-feira, à 0 hora, inclusive via internet, através do site da emissora. Às terças-feiras ele é publicado no Jornal da USP. O programa é produzido e apresentado pelo pesquisador Omar Jubran.

As edições anteriores de Olhar Brasileiro estão disponíveis neste link.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.