Queda de Eduardo Cunha pode significar grandes mudanças em Brasília

Ex-presidente da Câmara quer garantir o mandato e o foro privilegiado, mas sua família também está na mira da justiça

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Eduardo Cunha - Foto: Wikimedia Commons
Eduardo Cunha – Foto: Wikimedia Commons

A renúncia de Eduardo Cunha não surpreendeu. O sociólogo e mestre em ciência política Augusto Rodrigues lembra que ele já estava isolado e sem alternativas. A renúncia pode ser parte de uma negociação para tentar salvar o mandato, e garantir foro privilegiado. Isso seria bom para ele, mas não aliviaria em nada a situação da família, que também está na mira da justiça.

Em meio às articulações em torno da nova presidência da Câmara, Eduardo Cunha pode tentar um acordo em favor da família. O temor de muitos é que isso signifique delação premiada.

Ouça aqui a entrevista de Augusto Rodrigues para a Rádio USP:

logo_radiousp

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados