Plataforma de divulgação científica separa fatos de fake news sobre covid-19

Criado por pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, projeto também responde dúvidas do público

Criado por mestrandos e doutorandos da USP, projeto busca combater onda de desinformação sobre a pandemia – Imagem: Reprodução/Covid Verificado

Mesmo com os esforços da comunidade científica e da imprensa, ainda há muita desinformação circulando a respeito do novo coronavírus. Por isso, toda iniciativa de divulgação científica responsável e bem embasada é positiva. Há várias delas sendo conduzidas pela USP e pesquisadores ligados à Universidade, e acaba de surgir uma nova: a plataforma Covid Verificado, que tem a proposta principal de fazer checagem científica de informações relacionadas à covid-19.

O projeto foi desenvolvido por um grupo de alunos de mestrado e doutorado do Departamento de Imunologia do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP. Além de um site, os pesquisadores também mantêm uma página no Instagram e no Facebook.

Plataforma responde as principais dúvidas a respeito do novo coronavírus – Imagem: Reprodução/Covid Verificado

Na plataforma, é possível encontrar respostas para algumas das dúvidas mais comuns sobre o coronavírus, como o tempo que ele é capaz de sobreviver em diferentes superfícies, quais as vacinas em desenvolvimento e o que se sabe sobre possíveis tratamentos. Tudo trazido de maneira simplificada, com gráficos e imagens para facilitar a compreensão, e sempre indicando as referências científicas.

O site reúne ainda as principais atualizações sobre novas pesquisas e descobertas relacionadas à nova doença. E há também uma área em que qualquer um pode enviar suas perguntas diretamente para os pesquisadores. Para saber mais, acesse o link.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.