Os desafios políticos na América Latina são tema de conferência de ex-presidente do Chile na USP

No próximo dia 20 de março, quinta-feira, a USP receberá o ex-presidente do Chile, Ricardo Lagos, para proferir a conferência “Os desafios políticos para a América Latina no século 21”, como conclusão de suas atividades à frente da Cátedra José Bonifácio.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

No próximo dia 20 de março, quinta-feira, a USP receberá o ex-presidente do Chile, Ricardo Lagos, para proferir a conferência “Os desafios políticos para a América Latina no século 21”, como conclusão de suas atividades à frente da Cátedra José Bonifácio. O evento será promovido a partir das 16h, no Auditório “Prof. István Jancsó”, na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (Rua da Biblioteca, s/n, na Cidade Universitária, em São Paulo)

Iniciativa do Centro Ibero-Americano (Ciba) da Universidade, núcleo ligado à Pró-Reitoria de Pesquisa a Cátedra tem como objetivo o de trazer uma personalidade do mundo ibero-americano para ministrar atividades durante um ano letivo no Brasil. Os convidados desenvolvem pesquisa na Universidade, na temática referente à sua especialidade. Além disso, são realizadas conferências abertas à comunidade e, até mesmo, específicas para docentes e discentes.

Também no dia 20, com o encerramento das atividades de Lagos, será empossado um novo titular para a Cátedra: o ex-chanceler do Uruguai, Enrique Iglesias, que estará presente ao evento. Iglesias presidiu o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Secretaria Geral Ibero-americana (Segib), organização internacional sediada em Madri, que organiza, todos os anos, a Cúpula Ibero-americana de Chefes de Estado e de Governo.

Haverá, ainda, o lançamento da coletânea “A América Latina no Mundo”, livro editado pela Edusp, fruto das atividades da Cátedra em 2013, que reuniu 55 pesquisadores de 20 Programas de Pós-Graduação da Universidade, de diversas áreas, como relações internacionais, direito, economia, engenharia, arquitetura, enfermagem, saúde e literatura. Também foram selecionados duas pós-doutorandas, uma chilena e outra brasileira para auxiliar na coordenação dos trabalhos.

No ano passado, Lagos participou de duas semanas de atividades presenciais na Universidade, em março e em novembro. Nesse período, também foram promovidas três teleconferências com ex-presidente: em maio, sobre o tema “Desenvolvimento e economia”; em agosto, sobre “Democracia, Desenvolvimento e Governança Internacional”; e, em outubro, com o título “Desenvolvimento e Meio Ambiente na América Latina”.

As atividades deste evento fazem parte do Programa USP Conferências, da Pró-Reitoria de Pesquisa, criado em 2011, com o objetivo de fomentar a discussão dos grandes temas e desafios da ciência, da tecnologia e da sociedade no século 21, para além do âmbito acadêmico.  Anualmente, são realizadas cerca de dez conferências, abordando diferentes temáticas, distribuídas em todas as áreas do conhecimento (ciências da vida, humanas e sociais aplicadas, e exatas e tecnológicas). Já foram realizadas conferências sobre ciências da terra, identidades, desafios da globalidade, estresse, engenharia, nanotecnologia, doenças cardiovasculares, o vírus influenza, biomassa e produção de biocombustíveis; e duas especiais, uma sobre o mar e outra sobre neurociência.

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados