Nova edição da revista “Psicologia USP” discute práticas contemporâneas de cura

A revista tem o objetivo de estimular o diálogo da psicologia com outros campos do conhecimento, bem como publicar trabalhos originais e inéditos que contribuam para o desenvolvimento da psicologia

Por - Editorias: Ciências
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Foto: Marcos Santos / USP Imagens
Foto: Marcos Santos / USP Imagens

O Instituto de Psicologia (IP) da USP acaba de lançar o último número da Revista Psicologia USP, vol. 28, n. 1 (2016).

Nesta edição, os artigos discutem temas como a perversão no Programa de Proteção a Testemunhas, os embates entre profissionais de saúde mental e familiares de pessoas com sofrimento psíquico, uma análise sobre práticas contemporâneas de cura, além de um estudo sobre as concepções homofóbicas de estudantes do ensino médio, dentre diversos outros assuntos.

O editorial, assinado pelos pesquisadores Pedro Fernando da Silva, Bernardo Parodi Svartman, Cintia Copit Freller, Gustavo Martineli Massola, José Leon Crochík e Maria Livia Tourinho Moretto, postula sobre a importância da publicação de ensaios, que representam tentativas de produzir conhecimentos de forma crítica.

A revista tem como objetivo estimular o diálogo da psicologia com outros campos do conhecimento, bem como publicar trabalhos originais e inéditos que contribuam para o desenvolvimento da psicologia e ciências afins.

Os demais assuntos podem ser conferidos no site.

Mais informações: e-mail revpsico@usp.br

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados