“Fascínio do Universo”: série de vídeos abordará temas diversos relacionados à astrofísica

O programa piloto vai ao ar no dia 20 de novembro e terá como tema o Telescópio Gigante Magalhães, equipamento que promete revolucionar nossa visão e compreensão do Universo

Os entrevistados que participarão dos episódios são doutores em astronomia – Foto: GMTO Corporation/M3 Engineering

Que tal se inteirar mais do Universo da astronomia? No dia 20 de novembro estreia, no YouTube, a série Fascínio do Universo, uma produção de vídeos científicos que abordará temas variados relacionados à Astrofísica. O primeiro episódio será sobre o Telescópio Gigante Magalhães (GMT), o primeiro telescópio de uma nova classe, que será inaugurado em 2029, em Las Campanas, no Chile.

+ Mais

Estrutura do maior telescópio do mundo vai começar a ser construída no Atacama

Com linguagem acessível e animações cativantes, a primeira temporada será composta de oito episódios de cinco a oito minutos, focada na apresentação de temas que poderão ser estudados com a tecnologia avançada do GMT, como por exemplo os sistemas planetários, a origem dos átomos e a busca de água líquida em exoplanetas (planetas que orbitam outra estrela que não o Sol). Os vídeos terão entrevistas com cientistas especializados na temática de cada episódio.

A coordenação é feita pela equipe do Escritório Brasileiro do Telescópio Gigante Magalhães (GMT Brasil). A produção dos vídeos é executada pela equipe da Universidade do Vale do Paraíba (Univap).

Veja o teaser do primeiro episódio:

O projeto pode ser acompanhado através do canal do YouTube, do site, ou das redes sociais oficiais como Facebook, Instagram e Twitter.

Com informações da Assessoria do IAG-USP

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.