Em sua 11ª edição, Prêmio USP de Direitos Humanos homenageia Dorina Nowill

No próximo dia 10 de dezembro, a USP promoverá a cerimônia de entrega do 11º Prêmio USP de Direitos Humanos. A homenageada desta edição será a pedagoga Dorina Nowill, falecida em agosto deste ano.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

No próximo dia 10 de dezembro, a Universidade de São Paulo (USP) promoverá a cerimônia de entrega do 11º Prêmio USP de Direitos Humanos. O evento terá início às 17h, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

A homenageada desta edição será a pedagoga Dorina Nowill, falecida em agosto deste ano. Dorina será agraciada nas duas categorias do prêmio, individual e institucional, por sua dedicação ao trabalho de inclusão social de deficientes visuais e pelas atividades desenvolvidas junto à fundação que leva seu nome. A indicação do nome de Dorina foi feita pela UNESCO, cujo relator especial para Direito à Educação, Kishore Singh, virá ao Brasil especialmente para participar da solenidade.

O Prêmio USP de Direitos Humanos é concedido anualmente no aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos – assinada em 1948, com o objetivo de identificar e homenagear pessoas e instituições que, por suas atividades exemplares, tenham contribuído significativamente para a difusão, disseminação e divulgação dos Direitos Humanos no Brasil. Foi criado pela Comissão de Direitos Humanos da USP, atualmente, sob a presidência de José Gregori.

Dorina Nowill, cega desde os 17 anos, criou, há mais de seis décadas, uma fundação que atua na produção de livros em braile, livros e revistas falados e obras acadêmicas no formato digital acessível, distribuídos gratuitamente para pessoas com deficiência visual e para centenas de escolas, bibliotecas e organizações de todo o Brasil.

A Fundação Dorina Nowill Para Cegos também oferece, gratuitamente, programas de atendimento especializado ao deficiente visual nas áreas de avaliação e diagnóstico, educação especial, reabilitação e colocação profissional.

A premiação será realizada no Salão dos Pratos, no Palácio dos Bandeirantes, localizado à Avenida Morumbi, 4500, em São Paulo.

(Foto: Divulgação Fundação Dorina Nowill)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados