Cientistas alertam para retrocesso ambiental no Brasil

Pedro Luiz Côrtes diz que a falta de fiscalização faz com que o desmatamento volte a crescer

  • 424
  •  
  •  
  •  
  •  

Artigo publicado na revista Nature Climate Change alerta que disputas político-partidárias no Brasil podem interferir nas metas para o Acordo de Paris. O documento foi aprovado em 2015 na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP21) com o objetivo de manter o aumento da temperatura média global abaixo de 2ºC.

Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental do Instituto de Energia e Ambiente (IEE) e da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, Pedro Luiz Côrtes concorda e afirma que “esse risco é evidente”.

“O que se percebe é um abrandamento, por parte do governo, da política de redução do desmatamento, da fiscalização em torno disso”, diz Côrtes.

“É um retrocesso”, reforça. “Esse descuido —falta de fiscalização e de empenho do governo— faz com que o desmatamento volte a crescer. E aí reduz nossa possibilidade de contribuição global para redução dos gases de efeito estufa.”

Ouça, no link acima, a íntegra da entrevista.

  • 424
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados