David Bohm e Thomas Hobbes são destaque na nova edição da revista “Scientiae Studia”

Publicação da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas estuda a ciência como manifestação cultural

Por - Editorias: Ciências Humanas
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

capascientia_014_2A revista Scientiae Studia, lançada duas vezes por semestre pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, acaba de publicar um novo número (volume 14, número 2, 2016).

Com artigos em português e espanhol, a publicação aplica um olhar histórico e filosófico ao estudo da ciência. Nesta edição, traz trabalhos sobre, por exemplo, técnicas vibracionais da luz na Grã-Bretanha do século 18 e o artigo Além das nuvens e dos relógios: a percepção da realidade em David Bohm, tratando do físico norte-americano que trabalhou com Albert Einstein e, perseguido pelo macartismo, passou a trabalhar em vários países, inclusive o Brasil, onde ocupou uma cátedra em Física na USP.

Neste número encontram-se também o Tratado de Óptica, do filósofo inglês Thomas Hobbes, e o texto Hobbes e a Óptica, e os trabalhos em espanhol Carl Prantl y la historia de la lógica de la investigación científica, sobre o filósofo e filólogo alemão, e Galileo y Kepler como lógicos, do próprio Carl Prantl.

A edição completa pode ser acessada neste link.

Mais informações: e-mail ariconda@usp.br, com o professor Pablo Rubén Mariconda

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados