Revista aborda os efeitos da música para a clínica do autismo

Publicação também apresenta artigo sobre a memória após eventos traumáticos e a relação do afeto com o planejamento acadêmico

Por - Editorias: Ciências Humanas
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Revista Psicologia USP lança nova edição (volume 28, número 3, 2017) e apresenta artigos sobre a memória histórica formada após eventos traumáticos, os efeitos da música para crianças autistas e a respeito da discussão do afeto no planejamento do ensino.

Foto: Harsh/Flickr

Em A dimensão musical de lalíngua e seus efeitos na prática com crianças autistas investiga-se a relação da lalíngua com a música e suas contribuições para a clínica do autismo. Lalíngua é uma palavra inventada pelo psicanalista Jacques Lacan, que se refere ao papel fundamental da linguagem na estruturação do inconsciente.

Por meio de uma reflexão interdisciplinar, aliando história e psicanálise, no artigo (Im)possibilidades do sujeito testemunha: abordagens interdisciplinares à memória do traumático discute-se os discursos criados por testemunhas de eventos traumáticos ligados a regimes autoritários.

A necessidade de uma visão que relacione o desenvolvimento da cognição e do afeto para o planejamento acadêmico é abordada em Afeto e comportamento social no planejamento do ensino: a importância das consequências do comportamento.

Os artigos completos estão disponíveis no Portal de Revistas da USP.

Mais informações: e-mail revpsico@usp.br

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados