Obra de Max Horkheimer é tema de “Cadernos de Filosofia Alemã”

Revista traz confluências com outros autores e análises de conceitos e questões internas à sua filosofia

Por - Editorias: Ciências Humanas
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

A revista Cadernos de Filosofia Alemã: Crítica e Modernidade, publicação semestral do Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, acaba de lançar sua nova edição (volume 22, número 2, 2017).

Dedicada especialmente à obra de Max Horkheimer, a edição apresenta um dossiê com oito artigos sobre o trabalho do filósofo. Dentre eles, estão Genealogia e historicismo crítico: dois modelos de Esclarecimento nos escritos de Horkheimer e Adorno; O tema da razão em Horkheimer e Schopenhauer; Razão, filosofia e formação em Max Horkheimer; e “Para além do Princípio de Gênero”: Horkheimer e Adorno sobre o Problema de Gênero e Identificação.

Os artigos são resultados das apresentações e debates ocorridos durante o Colóquio Internacional Max Horkheimer e a Teoria Crítica – o evento foi realizado na USP em setembro de 2016 -, e abarcam pontos de contato de Horkheimer com outros autores, análises de conceitos e questões internas à sua filosofia e leituras que têm em vista temas contemporâneos.

O volume pode ser conferido na íntegra no Portal de Revistas USP.

Mais informações: e-mail filosofiaalema@usp.br

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados