Livro relaciona crise hídrica e conflitos no Oriente Médio

Obra é resultado de estudos realizados por docente da USP na Universidade de Damasco, na Síria

 14/09/2017 - Publicado há 4 anos
Água no Oriente Médio – O Fluxo de Paz traz um estudo profundo do paradigma escassez hídrica e conflito – Foto: Reprodução

No sábado, dia 16 de setembro, o professor Luis Antonio Bittar Venturi — livre docente do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP — lança seu livro Água no Oriente Médio – O Fluxo da Paz. O encontro está marcado para às 16 horas, na Sala Palmira do Esporte Clube Sírio.

Fruto de uma ampla pesquisa realizada entre 2010 e 2011 na Universidade de Damasco, o professor analisou regiões referentes da bacia do Rio Eufrates — onde há compartilhamento hídrico pela Turquia, Iraque e Síria, e ao Golfo Pérsico, responsável por uma tecnologia de dessalinização que tem mantido o abastecimento de água.

Publicado pela Editora Sarandi, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a obra traz um profundo estudo sobre a relação da escassez hídrica e os conflitos recorrentes na região. A proposta é levar ao leitor uma nova perspectiva, contrária ao fatalismo predominante, em busca da compreensão da água pelo fluxo da paz.

O lançamento do livro Água no Oriente Médio – O Fluxo da Paz acontece na Sala Palmira do Esporte Clube Sírio (Av. Indianópolis, 1.192 – Planalto Paulista, São Paulo). A entrada é franca.

Mais informações: (11) 2189-8500


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.