Livro discute representação do negro no cinema brasileiro

Publicação é fruto de mestrado na USP e será lançada no Sarau de Educação e Cultura de Osasco

Por - Editorias: Ciências Humanas
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

 

Rio, Zona Norte, filme de 1957 – Foto: Reprodução/Funarte

 

Com base em filmes e críticas de cinema, a historiadora Carolinne Mendes da Silva analisou em seu mestrado, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, como a questão racial e o negro foram representados nas telas do Cinema Novo. O resultado de sua pesquisa, agora, vira livro.

O lançamento será realizado no dia 18 de novembro, no Centro Municipal de Formação Continuada dos Profissionais da Educação de Osasco. O lançamento faz parte da programação do 85º Sarau de Educação e Cultura do município.

Sinopse

O negro no cinema brasileiro, originalmente apresentado como dissertação de mestrado em História Social na FFLCH, contribui, de forma consistente, para o entendimento do racismo na formação social do País.

A pesquisa analisou dois filmes relativamente conhecidos da nossa cinematografia: Rio, Zona Norte (Nelson Pereira dos Santos, 1957) e A Grande Cidade (Cacá Diegues, 1966) à luz da problemática racial presente, de modo distinto, em ambos.

Apesar de circunscrito a estas fontes, seu trabalho tem implicações mais amplas sobre o papel atribuído ao negro no interior do Cinema Novo e, de modo geral, sobre as representações cinematográficas da cultura negra no Brasil. O livro de Carolinne Mendes oferece, assim, contribuição significativa para a compreensão do papel que o racismo tem desempenhado não apenas como elemento fundamental da estrutura de dominação no País, como também impondo um obstáculo na construção de uma pauta comum que alimente as lutas sociais contra a discriminação racial e a opressão de classe.

Saiba mais sobre a pesquisa de Carolinne na reportagem da Agência USP de Notícias.

O Negro no Cinema Brasileiro, de Carolinne Mendes da Silva, Editora LiberArs, 260 páginas, R$68,00.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados