Congresso de Ciências da Comunicação reúne pesquisadores de todo o País na USP

O congresso, realizado anualmente desde 1977, retorna à USP após 30 anos e irá discutir as contribuições do campo da comunicação e educação

Por - Editorias: Ciências Humanas
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

A Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP recebe, de 5 a 9 de setembro, o 39º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, evento que reúne estudantes, pesquisadores e profissionais da área de comunicação de todo o País. O congresso, realizado anualmente desde 1977, retorna à USP após 30 anos e irá discutir as contribuições do campo da comunicação e educação para reduzir desigualdades e promover transformações na nossa sociedade. A programação completa está disponível no site do evento.

Com mais de 3.500 inscritos e cerca de 1.800 trabalhos científicos aprovados para apresentação, o XXXIX Congresso Intercom tem como eixo central o tema Comunicação e educação: Caminhos Integrados para um mundo em transformação. O objetivo é ampliar o entendimento sobre as contribuições que o campo da Comunicação/Educação pode oferecer para a melhoria da qualidade da vida de uma sociedade, bem como discutir a formação de pro­fissionais nessa área. “O congresso nacional da Intercom tem uma importância que extrapola nossas fronteiras, por suas dimensões internacionais, e é um evento marcante que vem confirmar o quanto a ECA contribuiu para a consolidação do Campo da Comunicação e, inclusive, para a existência da própria Intercom”, destaca a diretora da Escola de Comunicações e Artes, Margarida Maria Krohling Kunsch.

No dia 5 de setembro, a abertura festiva do congresso contará com as apresentações do pianista e professor do Departamento de Música da ECA, Eduardo Monteiro, e da Orquestra de Câmara da ECA, sob a regência do maestro Gil Jardim e participação do violinista da Osesp, Emmanuele Baldini. No dia seguinte, o professor Guillhermo Orozco Goméz, da Universidade de Guadalajara, ministra a conferência de abertura, intitulada Educomunicação e os Direitos Humanos, o grande cruzamento democrático de hoje. Além da conferência, haverá outras três mesas-redondas sobre área de Comunicação/Educação: Paradigmas para a Integração, Caminhos para a construção da cidadania e Empoderamento tecnológico para o diálogo social, que compõem o XXXIX Ciclo Cecom – Ciclo de Estudos da Comunicação. O ciclo conta com a presença do professor José Ignácio Aguaded Gómez, da Universidade de Huelva, entre outros pesquisadores da área.

Além da programação sobre a temática central do evento, o XXXIX Congresso Intercom também realiza sessões de 33 grupos de pesquisa em diversas áreas do conhecimento; 25 oficinas e minicursos; o XI Encontro com Autores/Editores de Publicações Recentes sobre Comunicação; a Intercom Jr., que reúne trabalhos de pesquisa de estudantes de graduação, e a Expocom, com apresentações de documentários, animação, roteiros, jornalismo júnior, assessoria de imprensa, fotojornalismo, campanhas promocionais, filmes publicitários, edição de livro, design gráfico, história em quadrinhos, games, organização de eventos, entre outros.

O Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, evento organizado pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), reúne, tradicionalmente, estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores e profissionais da área. Durante o evento, são debatidos tópicos de jornalismo, relações públicas, publicidade, rádio, televisão, cinema, produção editorial e de conteúdo para mídias digitais e políticas públicas de comunicação, entre outros.

Pré-Congresso

Além de toda a programação científica, mesas-redondas, oficinas, encontros dos grupos de pesquisa e premiações, a Intercom realiza uma série de atividades “pré-congresso”. No dia 1º de setembro, acontece no auditório da Biblioteca Brasiliana o XI Seminário Internacional Obitel, cujo tema será a (Re)Invenção de Gêneros e Formatos da Ficção Televisiva. Sob a coordenação da professora Maria Immacolata Vassallo de Lopes, o evento reúne pesquisadores brasileiros e estrangeiros sobre ficção televisiva, além de diretores, roteiristas e profissionais para um debate sobre os formatos e gêneros para TV.

Outra atividade do pré-congresso é o colóquio internacional Colégio de Brasilianistas da Comunicação, que acontece de 1º a 6 de setembro, sob a coordenação do professor José Marques de Melo. O evento procura incentivar a interlocução de pesquisadores do cenário comunicacional brasileiro por meio da apresentação de perfis de outros estudiosos, do debate de revistas especializadas e de pensamentos comunicacionais originais.

As inscrições para participação no congresso estão encerradas.

Mais informações: site http://www.eca.usp.br/

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados