Revista “Fisioterapia e Pesquisa” discute síndrome congênita do vírus zika

De periodicidade trimestral, a revista divulga a produção científica da área da fisioterapia e outras da saúde desde 1994

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Publicação vinculada à USP, a revista Fisioterapia e Pesquisa acaba de ter uma nova edição publicada (volume 24, número 1, 2017)

Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

De periodicidade trimestral, a revista divulga a produção científica da área da fisioterapia e outras da saúde desde 1994. No novo número, a edição traz uma série de pesquisas originais em artigos como Pesquisa de sinergias motoras em fisioterapia: vantagens da abordagem da variedade não controlada Manovacuometria realizada por meio de traqueias de diferentes comprimentos, além de uma análise sobre como a intervenção parental melhora o desenvolvimento motor de lactentes de risco.

Em seu editorial, o número discute a síndrome congênita do vírus zika e a importância de uma abordagem multiprofissional.

O volume pode ser acessado na íntegra neste link.

Mais informações: e-mail revfisio@usp.br

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados