Modelos matemáticos ajudam a planejar estratégias para vacinação contra zika

Evento com o professor Eduardo Massad discutirá a estratégia de imunização para o vírus do zika

  • 46
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Wikimedia Commons

Na próxima edição das USP Lectures, Eduardo Massad, professor aposentado da USP, apresentará e discutirá modelos matemáticos que podem auxiliar na otimização de estratégias de imunização contra o zika vírus. Os modelos visam determinar o momento ideal para se iniciar uma campanha de vacinação em massa, tanto com o objetivo de se prevenir uma epidemia (antes do primeiro caso) quanto de controlar um surto já iniciado.

Além disso, será apresentado um modelo de otimização de vacinação de rotina no calendário de imunização infantil que vise minimizar o número de casos de Síndrome da Zika Congênita – o conjunto de sintomas, como a microcefalia, que padecem logo após o nascimento muitos bebés de mães infectadas pelo virus. Esse último tem como objetivo determinar tanto a idade ótima para a introdução da vacina na rotina de imunização quanto a proporção mínima de crianças que deveriam ser vacinadas.

Clique para ampliar

Mesmo na ausência de uma vacina licenciada para uso populacional, esse trabalho tem como principal interesse o fato de, talvez pela primeira vez, a estratégia de imunização otimizada por modelos matemáticos seja desenhada antes da produção da vacina.

O evento acontece no próximo dia 8 de agosto, das 14 às 15 horas, na Sala do Conselho Universitário (Rua da Reitoria, 374 – Cidade Universitária). O evento é gratuito e não é necessário se inscrever previamente. Mais informação na página do evento do Facebook.

.

.

.

  • 46
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados