Entidades esportivas falham em transmitir conhecimento entre gestões

Pesquisa da USP explora potencial de federações olímpicas ao estabelecer novas relações estratégicas

jorusp

Tradicionalmente, e em sua grande maioria, entidades esportivas organizam sua estrutura através de diretorias que possuem mandatos. Ou seja, a cada dois ou quatro anos há a possibilidade de a equipe no comando da organização ser completamente trocada. Para otimizar a transmissão do conhecimento e encontrar alternativas para que se possa aproveitar os feitos alcançados por outras gestões, o pesquisador Alexandre Ribeiro Arantes desenvolveu seu estudo pela Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP.

Foto: Reprodução / Freeimages-CC

O foco da pesquisa foram as federações olímpicas do Estado de São Paulo. Arantes pontua que, por terem um orçamento e estrutura enxutos, é importante essas entidades pensarem em gestão do conhecimento para evitar esforços que poderiam ser desnecessários. “A ideia é deixar essa informação mais para a frente. De tal maneira que não seja necessário reinventar a roda sempre que uma nova diretoria tomar posse”, contou ao Jornal da USP no Ar.

Ele explica que esse modelo já é muito utilizado em empresas e toma a Embraer como exemplo. Ao chegar à empresa, existe um funcionário encarregado de supervisionar e auxiliar os novos ingressantes para transmitir experiências, até que se sintam seguros em suas funções. Optar por essa estratégia ao invés de entregar um manual ou cartilha de instruções evita erros e, consequentemente, gastos desnecessários. “O modelo da mudança de cultura organizacional dessa estrutura de gestão não está relacionado a investimento de capital, mas sim a reestruturação”, explica.

Ouça a matéria completa no player acima.


Jornal da USP no Ar 
Jornal da USP no Ar é uma parceria da Rádio USP, Faculdade de Medicina e Instituto de Estudos Avançados. Busca aprofundar temas da atualidade de maior repercussão, além de apresentar pesquisas, grupos de estudos e especialistas da Universidade de São Paulo.
No ar de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.