USP oferece para médicos curso de fitoterapia

As inscrições vão até o dia 31 de janeiro, e o curso de aperfeiçoamento faz parte do Programa de Educação Continuada em Fitoterapia da USP

 Publicado: 17/01/2023
Por
Curso de extensão on-line auxilia na prescrição de medicamentos fitoterápicos – Foto: Freepik

Estão abertas, até 31 de janeiro, as inscrições para o curso de Aperfeiçoamento em Fitoterapia Clínica para médicos. O objetivo do curso é capacitar os profissionais para a prescrição de medicamentos fitoterápicos de maneira eficaz e segura e para a orientação da população quanto ao uso dos fitoterápicos, indicações, apresentações, doses, posologias, efeitos colaterais, toxicidade e interações com medicamentos convencionais.

A programação do curso, que tem carga horária de 180 horas e 12 meses de duração, conta com aulas de sistemas de prescrição, metabolismo, botânica, pesquisa, legislação e qualidade, além de tópicos específicos para os sistemas respiratório, circulatório, digestório, urinário, nervoso, locomotor, imunológico, entre outros.

O curso possui metodologia ativa de ensino e aprendizagem a distância, com leitura de textos selecionados, videoaulas exclusivas do curso, pré-testes, casos clínicos e discussão on-line, e faz parte do Programa de Educação continuada em Fitoterapia da USP, que é uma parceria entre a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP e a Farmácia da Natureza, Casa Espírita Terra de Ismael.

As aulas serão ministradas pelo professor Fabio Carmona, da FMRP, pelos especialistas Débora Andrade, Débora Sales, Fabiana Tardelli, Ivanice Cestari, Mateus Angelucci, Telma Chiaratti, Victor Doneida, Juliana Coppede e pela professora Ana Maria Soares Pereira, da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp).

Mais informações: neste link ou nas redes sociais Instagram ou Facebook.

*Texto corrigido em 17/01/2023, às 15h15. Diferente do que apareceu anteriormente no título, o curso tem custo, consulte os links disponíveis acima.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.