“Série Energia”: Energia solar térmica chega à América Latina

O Brasil é o segundo país a ter uma usina termossolar; em 2015 o Chile inaugurou o primeiro projeto no continente

 Publicado: 13/05/2022
Por

Primeira usina termossolar da América Latina, no Deserto do Atacama – Chile – Crédito: portalsolar.com.br

A energia solar térmica, também chamada de termossolar ou fototérmica, é a forma de gerar energia térmica a partir da energia solar, ou seja, o calor do sol aquece um fluido, como, por exemplo, a água. Ela é comumente usada em residências para aquecer a água do banho e da piscina, mas também pode ser produzida em grande escala. Em março deste ano, entrou em funcionamento a primeira usina termossolar do Brasil, na cidade de Rosana, no Estado de São Paulo. 

Essa usina é um projeto experimental com capacidade de 0,5 MW, capaz de atender 360 residências de consumo médio, cerca de 180 kWh/mês, e é operada pela Companhia Energética de São Paulo (Cesp). A primeira usina termossolar da América Latina opera desde junho de 2021 no Deserto do Atacama, no Chile.

Os benefícios de utilizar a energia solar térmica são inúmeros. A que mais chama atenção dos usuários certamente é a redução de custo em energia elétrica dos chuveiros, no caso das residências. Outros benefícios são para o meio ambiente, por ser uma forma de energia limpa e renovável e uma saída para a geração de eletricidade nos casos de crise hídrica. 

A Série Energia tem apresentação do professor Fernando de Lima Caneppele (FZEA), que produziu este episódio com Mariana Zanarotti Shimako, aluna de Engenharia de Biossistemas (FZEA). A coprodução é de Ferraz Junior e edição da Rádio USP Ribeirão. Você pode sintonizar a Rádio USP Ribeirão Preto em FM 107,9, ou pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.