Odontologia precisa de voluntários com céu da boca estreito

Interessados devem ter entre 18 e 40 anos e não ter passado por tratamento ortodôntico ou cirúrgico

 21/11/2019 - Publicado há 2 anos
Por

A Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (Forp) da USP busca pacientes com o palato (céu da boca) estreito para participar de estudo na área de Ortodontia. Os voluntários receberão tratamento com aparelho ortodôntico e devem ter faixa etária entre 18 e 40 anos e não ter passado por tratamento ortodôntico ou cirúrgico. 

A pesquisa tem o objetivo de corrigir a extensão do céu da boca por meio do uso de aparelho ortodôntico e evitar a necessidade de cirurgia, pois, quando muito estreito causa fortes dores de cabeça, dificuldades respiratórias e também de mastigação. O estudo é do doutorando Diego Brandariz, com orientação do professor Fábio Lourenço Romano, da Forp.

Os interessados devem entrar em contato com Brandariz pelo telefone: (16) 98141-2234  ou pelo e-mail: diego_branda@hotmail.com e  Brandaroots_85@usp.br

Mais informações: (16) 98141-2234. 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.