Obra analisa relação entre convívio familiar e desenvolvimento emocional de crianças com TDAH

Lançamento da obra “TDAH, família e criança: contribuições psicanalíticas” e noite de autógrafos será dia 12 de novembro em Ribeirão Preto

 Publicado: 11/11/2021
Por
Arte sobre foto / Freepik

 

Publicado pela Editora Appris, com 187 páginas, o livro TDAH, família e criança: contribuições psicanalíticas, de autoria da pesquisadora Ana Paula Mucha Tonetto e da professora Valéria Barbieri, ambas da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, aventura-se a compreender a relação entre a experiência de mães de crianças diagnosticadas com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) e o desenvolvimento emocional dessas crianças. O lançamento da obra será nesta sexta-feira, dia 12 de novembro, na livraria Travessa, em Ribeirão Preto, às 18h, com sessão de autógrafos. 

Através da psicanálise winnicottiana, as autoras exploram esse vínculo a partir de quatros estudos de casos de duplas compostas de mães e filhos. Cada caso apresenta suas peculiaridades, destacam as autoras, “quando o TDAH é acompanhado de tendências antissociais, de dificuldades de aprendizagem, de depressão materna e quando ocorre em meio a dificuldades de relacionamento conjugal, garantindo-se, assim, a riqueza ilustrativa decorrente dessa diversidade do material clínico”.  

Capa do livro ‘TDAH, Família e Criança: Contribuições Psicanalíticas’ – Foto: Editora Appris/Divulgação

O TDAH é um dos mais conhecidos transtornos do neurodesenvolvimento na infância, caracterizado por desatenção, hiperatividade e impulsividade. Levando em consideração que o desenvolvimento da personalidade tem os seus alicerces mais sólidos nas vivências da criança junto à família, as autoras salientam que “conhecer as experiências dos pais e/ou cuidadores na sua relação com a criança que sofre de TDAH abre perspectivas para a construção de novas formas de compreensão e tratamento junto ao público infantil e seus familiares”. 

No entanto, poucos são os estudos psicanalíticos que se ocupam dessa temática. Neste contexto, o livro apresenta-se como uma ferramenta de auxílio para profissionais da saúde, educadores, pais e interessados no desenvolvimento emocional.

Para adquirir a obra clique aqui.

Mais informações aqui. 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.