Na Faculdade de Medicina, a pós-graduação em Neurologia e Neurociências comemora 50 anos

Programa de pós-graduação faz história na pesquisa e na formação de profissionais e pesquisadores de todo o Brasil

 14/06/2021 - Publicado há 4 meses
Por
PPG FMRP
Confraternização de desligamento do dr. Michel Pierre Lison em 2000 – Foto: Arquivo FMRP

 

A Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP faz parte da história da ciência brasileira pelas contribuições em diversas áreas do conhecimento biomédico e um dos principais marcos desta conquista foi a criação dos programas de pós-graduação. Integrando estes cursos pioneiros, o Programa de Pós-Graduação em Neurologia, fundado há 50 anos, tem trajetória reconhecida nacional e internacionalmente pelas pesquisas científicas.

A comemoração do 50º aniversário será realizada em diferentes momentos, e contará com entrevistas e palestras de docentes que fizeram pesquisas com grande impacto na área no tradicional Curso de Inverno em Neurociências (CINeuro), que será realizado entre os dias 12 e 30 de julho de 2021.

PPG FMRP
Encerramento do evento da Sociedade Brasileira de Investigação Neurológica (SBIN) e XIII Jornada Brasileira de Doenças Neuromusculares em 2002 – Foto: Arquivo FMRP

O evento, que já está com inscrições encerradas, tem dez anos de história e conta com atividades que divulgam a história do programa, indicam cenários sobre o mercado de trabalho para os futuros pesquisadores, e também sobre o universo das pesquisas em doenças neurológicas e com modelos experimentais destas doenças, com aplicações de técnicas de ponta e produção de conhecimento inovador.

O programa já titulou 578 alunos, sendo 248 doutores e 330 mestres, e no momento possui 71 alunos regularmente matriculados nos cursos de Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto. A partir de 2001, passou a abranger duas grandes subáreas: Neurologia, para médicos neurologistas com, no mínimo, dois anos de residência médica em Neurologia; e Neurociências, para médicos não especializados em Neurologia e profissionais não médicos com interesse em desenvolver pesquisa na área de Neurociências.

“A reformulação permitiu grande interação entre médicos neurologistas, médicos não neurologistas, profissionais de saúde não médicos e profissionais de outras áreas do conhecimento. Certamente, foi fator decisivo para o aumento da produtividade do programa e, consequentemente, com a manutenção do conceito máximo recebido nas quatro últimas avaliações da Capes”, conta João Pereira Leite, professor da FMRP e coordenador do programa.

As pesquisas são voltadas para temas clínicos e terapêuticos nas áreas de Neuropsiquiatria, Neuropatias Periféricas, Epilepsias, Neurobiologia, distúrbio do sono, Neurogenética e Neurologia Vascular, por exemplo. Em 2020, os 161 artigos publicados contaram com a participação de 29 orientadores, sendo 19 médicos neurologistas e dez neurocientistas, como fisiologista, farmacologista, psicólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional e biólogo. “Apesar de a pandemia da covid-19, houve a manutenção do número de publicações em relação aos três anos anteriores, assim como um aumento na participação de alunos, egressos e pós-doutores”, afirma Leite.

PPG FMRP
Docentes, funcionários, pós-graduandos e residentes dos Programas de Pós-Graduação em Neurologia, Psiquiatria e Saúde Mental em 2002 – Foto: Arquivo FMRP

Para comemorar os 50 anos de história, a doutora Yara Bezerra de Paiva, membro da Comissão Organizadora do CINeuro 7ª edição, desenvolveu um logo comemorativo que homenageia diversos aspectos importantes para a criação do Programa de Pós-Graduação. “A ilustração retrata dois marcos temporais: de um lado, observamos o passado, com elementos que remetem ao ciclo do café, à Fazenda Monte Alegre, à mudança da FMRP para o Prédio Central, na antiga Escola Prática de Agronomia (EPA). O professor Zeferino Vaz surge como figura central que abre as portas da EPA para dar início à construção da faculdade. As pinturas no azulejo feitas por Paim Vieira no marco de entrada foram a inspiração para a moldura desse cenário contemplativo: das raízes de cafezais às raízes nervosas que representam a construção, desenvolvimento e consolidação da FMRP e do Programa de Pós-Graduação em Neurologia e Neurociências, alicerçados, desde suas origens, no ensino, pesquisa e extensão”, conta Yara.

Mais informações podem ser obtidas pelo Instagram ou e-mail: cursoneurocienciasfmrp@gmail.com


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.