Documentário mostra processo de implantação da floresta da USP em Ribeirão Preto

O filme, que será lançado no dia 30 de março, conta a história da implantação da mata que aumentou em 20% a área verde da cidade, além de ser um importante banco genético com vegetação da Mata Atlântica 

 27/03/2023 - Publicado há 2 meses
Por
Imagem da Floresta da USP Ribeirão – Foto: Vitor Caetano – Arquivo Pessoal: Elenice Varanda

.
Produzido pela Superintendência de Gestão Ambiental (SGA) da USP em Ribeirão Preto, em parceria com o Polo local da Superintendência de Comunicação Social (SCS) da USP, o curta-metragem
Nossa Floresta terá sua primeira exibição na quinta-feira, dia 30 de março, às 19h, no Teatro do Campus da USP em Ribeirão Preto, aberta ao público e gratuita.  

A promoção é da Seção de Atividades Culturais da Prefeitura do Campus e o filme conta a trajetória de implantação da Floresta USP em Ribeirão Preto, desde a criação do projeto, no final da década de 80, quando a degradação ambiental no Estado de São Paulo atingia um momento crítico, sua implantação, o incêndio que destruiu grande parte da floresta, e chega até a atualidade, quando a floresta está com nova administração e novos projetos. 

Liderado pela professora Elenice Varanda, da FFCLRP, o projeto de implantação da floresta foi uma construção coletiva, de união de diversas pessoas em subprojetos, como a criação de um banco genético vivo numa área de 40 hectares. O Centro de Estudos e Extensão Florestal da USP-RP (Ceflorusp), responsável pelos projetos de plantio e reflorestamento, em parceria com a Fundação Florestal, Prefeituras, fazendas e ONGs, possibilitou a volta da fauna de diversas espécies. 

O filme traz entrevistas com pessoas que participaram de diversas fases e de diversos subprojetos em que a floresta estava envolvida. “O conteúdo leva a plateia a reflexões sobre a importância do reflorestamento de áreas urbanas e como o contato da população com áreas verdes ajuda na consciência ambiental”, conta Gabriel Mendeleh, produtor e diretor do documentário. 

Foto: Vitor Caetano – Arquivo Pessoal: Elenice Varanda

Para Fernanda Brando, assessora Técnica na SGA e professora do Departamento de Biologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, o documentário também tem o intuito de apresentar os projetos socioambientais da Universidade e trazer a população para dentro dos muros da Universidade. 

Já a professora Patrícia Iglecias, superintendente de Gestão Ambiental da USP, reforça que “a Universidade tem o compromisso de promover ações de cooperação e de incentivo à conservação de suas áreas verdes e reservas ecológicas. “Por meio de alíneas orçamentárias específicas, a SGA apoia projetos como este, que visam à recuperação e manutenção dessas áreas e que favorecem a governança ambiental dentro de seus campi.”

Sinopse:

No final da década de 1980 a degradação ambiental chegou num ponto crítico no Estado de São Paulo. Neste período criou-se, na USP de Ribeirão Preto, um projeto de floresta urbana, com um dos mais diversificados bancos genéticos do Brasil.

Serviço:  

Nome: Estreia de Nossa Floresta
Endereço: Teatro do Campus da USP em Ribeirão Preto, Av. Bandeirantes, 3.900
Quando: 30 de março, às 19h
Valor: Gratuito
Classificação: Livre


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.