Conferência on-line discute resultados do Ideb 2019

Evento é organizado por cátedras do Instituto de Estudos Avançados da USP ligadas à área de educação

 01/11/2020 - Publicado há 1 ano
Por

Criado para monitorar o desempenho de escolas públicas no Brasil, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica é um importante instrumento condutor de políticas públicas em prol da melhoria na qualidade da educação. Para avaliar e discutir os resultados dessa ferramenta em 2019, a Cátedra Sérgio Henrique Ferreira e a Cátedra de Educação Básica, ambas ligadas ao Instituto de Estudos Avançados da USP, promovem no dia 3 de novembro, a partir das 10h, a conferência on-line O cenário da educação básica no Brasil: Análise do Ideb 2019.

A transmissão será feita pelo canal do IEA Polo Ribeirão Preto no YouTube e pelo site do IEA.

O evento terá como palestrante o diretor de Estatísticas Educacionais do Inep, Carlos Eduardo Moreno. Participam ainda, como debatedores, a integrante do Conselho Consultivo da Cátedra de Educação Básica, Bernardete Angelina Gatti, a integrante do Conselho de Coordenação da Cátedra Sérgio Henrique Ferreira, Cláudia Passador, a presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), Cecília Motta, e o presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Luiz Miguel Martins Garcia. A mediação será da vice-diretora do IEA, Roseli Lopes.

Mais informações sobre o evento: iearp@usp.br.

Sobre a Cátedra de Educação Básica

Cariada a partir de um convênio entre entre a USP, o Itaú Social – patrocinador da iniciativa –  e a Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (Fusp), a cátedra terá duração de cinco anos e se dedica a identificar medidas que subsidiem políticas para o ensino básico a partir da análise de experiências inovadoras e de ações relacionadas à formação e desenvolvimento profissional de professores.

Sobre a Cátedra Sérgio Henrique Ferreira

A Cátedra Sérgio Henrique Ferreira é uma iniciativa do IEA-RP, financiada pelo Santander Universidades, com o objetivo de buscar formas efetivas de contribuição para políticas públicas de cidades de médio porte.

Com quatro anos de duração total, a Cátedra está focando sua atuação inicial na área educacional, integrando instituições e iniciativas locais para a melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem em Ribeirão Preto.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.