Compras de Natal exigem planejamento

Para evitar problemas futuros com troca de presentes, arrependimento da compra e na contratação de serviços é essencial o planejamento, diz mestrando da Faculdade de Direito da USP em Ribeirão Preto, Arley Mattos Baisso

As compras de Natal deste ano devem injetar 60 bilhões de reais na economia brasileira, segundo estimativa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do Serviço de Proteção ao Crédito, o SPC Brasil, feito em todas as capitais do País. A maioria dos entrevistados pretende pagar os presentes à vista, mas 36% pretendem usar o cartão de crédito. Nesta época do ano, a principal data para o comércio, surge sempre a mesma dúvida.

Natal – Foto: Visual Hunt

O que fazer para garantir os direitos do consumidor na compra de Natal e naqueles serviços que mandamos fazer na casa e no carro para aproveitar o décimo terceiro? São essas as dicas que dá o advogado e mestrando da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) da USP, Arley Mattos Baisso. Para o advogado, o principal nas compras de Natal é o planejamento.

“É importante pesquisar preços, condições de pagamento e garantir os produtos que costumam esgotar com facilidade nessa época”, alerta o advogado. Também tem aquelas pessoas que se arrependem da compra, ou mesmo que ganham o mesmo produto no amigo oculto. Para essas pessoas que querem devolver o produto comprado, Baisso explica que isso é possível para aquelas compras que não são feitas em lojas físicas. 

Com relação à prestação de serviços, Baisso lembra que é essencial que o consumidor escolha um profissional de confiança e, antes de iniciar o serviço, exija um orçamento completo constando o valor do serviço, materiais necessários e o prazo para conclusão.

Ouça no player acima, na íntegra, as dicas do advogado.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.