Cai consumo de energia elétrica em jogo do Brasil

Estreia na Copa do Mundo do Catar, contra a Sérvia, teve queda de 10% no consumo de energia elétrica

 01/12/2022 - Publicado há 2 meses
Por
Pessoas param para torcer pelo Brasil e deixam de consumir energia – Foto: Lua Pramos/VisualHunt

A Copa do Mundo de futebol, 2022, começou dia 21 de novembro e vai até dia 18 de dezembro no Catar, sendo que o primeiro jogo do Brasil ocorreu dia 24 de novembro, às 16 horas de Brasília. Bom, mas o que a Copa, que acontece no Oriente Médio, tem a ver com o setor elétrico brasileiro? Não é de hoje que o Operador Nacional do Sistema (ONS) monitora os impactos dos jogos no setor elétrico. Isso ocorre porque eles interferem na rotina das pessoas e alteram o comportamento típico da rede elétrica.

A energia elétrica é gerada, transmitida e utilizada instantaneamente, não havendo muitas margens para seu “armazenamento”. Desta forma, modelos estatísticos complexos são rodados para dar certa previsibilidade na operação. Temos então uma curva de dia típico, porém acontecimentos como um jogo da seleção brasileira, numa Copa do Mundo, pode e geralmente altera significativamente essa tipicidade.

O ONS já divulgou que durante o jogo de estreia na Copa, Brasil x Sérvia, houve uma queda de 10% do consumo de eletricidade durante a partida. Mas por que isso ocorre? Porque uma quantidade muito grande de pessoas interrompe suas atividades para assistir aos jogos.

Outra característica dos dias de jogos é que no intervalo o consumo tende a se elevar um pouco, no caso do dia 24 de novembro, houve uma elevação de 4% no consumo de energia entre o primeiro e o segundo tempo. Além disso, ao final da partida o setor elétrico tende a sentir uma elevação rápida num período muito curto: mais uma vez pegando o exemplo do dia 24, o consumo subiu 16% em meia hora, logo após o término da partida.

A Série Energia tem apresentação do professor Fernando de Lima Caneppele (FZEA), que produziu este episódio com Murilo Miceno Frigo, discente de doutorado e professor do Instituto Federal do Mato Grosso do Sul. A coprodução é de Ferraz Junior e edição da Rádio USP Ribeirão. Você pode sintonizar a Rádio USP Ribeirão Preto em FM 107,9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.