2019 apresentou o melhor resultado para o emprego formal

Comércio foi o de maior contratação; indústria e construção civil reagiram em 2019

Em 2019, o saldo de emprego formal foi positivo: foram criadas 559.626 vagas líquidas de emprego com carteira assinada, saldo superior ao registrado no acumulado do ano de 2018, quando foram gerados 421.078 postos líquidos de trabalho.

Em dezembro de 2019, o comércio foi o que teve o melhor resultado e registrou 19.122 contratações líquidas. Já o setor de serviços apresentou saldo líquido negativo em 129.262 empregos formais e foi o de pior desempenho entre os setores. Durante o ano, todos os setores apresentaram melhoras, destacando-se a reação na construção civil e agropecuária.

O Estado de São Paulo encerrou o mês de dezembro de 2019 com o fechamento de 105.309 vagas. No mês, o comércio contratou 3.081 vagas líquidas. No acumulado do ano de 2019, o Estado gerou 162.639 empregos formais, resultado superior às 122.512 contratações líquidas registradas no acumulado de 2018.

No ano, a Região Administrativa de Ribeirão Preto criou 6.212 vagas de emprego com carteira assinada, resultado inferior aos 10.257 postos líquidos de trabalho gerados em 2018. Já Ribeirão Preto teve criação líquida de 2.820 vagas em 2019, uma redução no desempenho do mercado de trabalho em relação ao ano de 2018, quando o município criou 6.704 vagas líquidas de emprego.

As informações são do Boletim Mercado de Trabalho de fevereiro de 2020, elaborado pelos pesquisadores Francielly Almeida e André Menegatti, sob coordenação do professor Sergio Naruhiko Sakurai, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP.

Por: Juliana de Lima

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.