Exposição apresenta a arte produzida no espaço cultural entre o Brasil e o Japão

A mostra “Olhar InComun: Japão revisitado”, com a curadoria da professora Michiko Okano, do Centro de Estudos Japoneses da USP, está em cartaz no Museu Oscar Niemeyer (MON), de Curitiba (PR). Entre os 21 artistas estão alunos de graduação e pós-graduação da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP. Eles não são japoneses nem brasileiros. Não estão lá nem cá. A sua arte traduz o ser nipo-brasileiro e as cores de uma cultura no entre-espaço

São Paulo recebe as cores de Paris

Paul Cézanne, Toulouse-Lautrec e Paul Gauguin, entre outros grandes mestres franceses, estão em São Paulo. A exposição “O Triunfo da Cor”, em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), apresenta 75 obras de 32 pintores considerados os expoentes do Pós-Impressionismo. Elas integram o acervo do Museu d’Orsay e do Museu de l’Orangerie e trazem a cultura francesa para o centro da cidade

Obra registra a beleza e a harmonia de um dos melhores parques urbanos do mundo

O professor Francisco Alambert, do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, apresenta, no livro Parque Ibirapuera – 60 Anos, o dia a dia desse reduto de lazer e cultura da cidade, que, com sua imensa área verde e seus museus e espaços de exposição, atrai turistas do Brasil e do exterior